Aracaju, 1 de dezembro de 2021

Case oferta testes rápidos de glicemia e pressão arterial para os usuários

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Ação faz parte de um dia inteiro de programação que envolve também os servidores da casa

Os usuários do Centro de Atenção à Saúde de Sergipe (Case) foram surpreendidos na manhã desta quinta-feira, 21, com a oferta de testes rápidos de glicemia, de aferição da pressão arterial e de anticorpos da Covid-19. A ação faz parte de um dia inteiro de programação que envolve também os servidores da casa e integra as comemorações do Outubro Rosa e conta com a parceria da Funesa.

A programação, que teve início com os testes rápidos, incluiu sessões de beleza para as mulheres da unidade e atividades laborais na parte da tarde, conduzidas pelo professor de educação física, Giovane Oliveira, como informou a coordenadora do Case, Jéssica Santos Silva.

“O Case Acolhe, o Outubro Rosa tem como objetivo o fortalecimento dos laços de solidariedade e amor, bem como a consolidação da pauta da campanha, realizando um momento importante para levarmos, principalmente às mulheres, a mensagem do autoexame, do cuidado, do diagnóstico precoce do câncer de mama”, informou a coordenadora, acrescentando que a unidade está arrecadando lenços para doar a mulheres que lutam contra o câncer de mama.

Ela também evidenciou a parceria entre o governo do Estado e Universidade Federal de Sergipe, que tem possibilitado a realização de exames, inclusive da Covid-19. “Um trabalho em conjunto que tem trazido grandes resultados para a população e para a saúde pública de Sergipe”, falou.

A ação foi muito bem recebida pelos usuários que, convidados a fazer os testes, sentiram-se agraciados com a possibilidade de verificar como estava a saúde naquele momento, como expressou Givaldo Souza dos Santos. “Vim ao Case resolver um problema e fiquei grato em poder estar meu nível de açúcar e minha pressão arterial. A ação é muito válida”, declarou.

A usuária Andréa Delgado ficou satisfeita com o resultado dos exames. “Fico feliz com a iniciativa do Case em nos trazer os testes. É uma ação valiosa, porque pode nos dar tranquilidade, como foi o meu caso, ou pode detectar alguma irregularidade. Nesse caso, a pessoa toma conhecimento do problema e vai se cuidar”, considerou. De acordo com o coordenador da Força-Tarefa Covid-19, professor Lysandro Borges, surgindo casos novos de diabetes e hipertensão, o paciente será encaminhado para tratamento.

“No Outubro Rosa nós também estamos preocupados, além do câncer de mama, com o paciente que tem diabetes e hipertensão, por isso disponibilizamos para os usuários do Case 300 testes que avaliam a glicemia capilar, para detecção da diabetes; pressão arterial para verificar se os níveis estão controlados ou não; e os anticorpos da Covid, o igm e igg, com vistas a saber se medir de a vacina está fazendo efeito no paciente diabético ou hipertenso”, explicou Borges.

A realização dos testes foi possível graças à parceria entre o governo do Estado e a Universidade Federal de Sergipe (UFS), conforme salientou o professor Lysandro Borges, destacando que a equipe de testagem é da Liga de Bioquímica Clínica, do Laboratório Bioquímica Clínica e da Força-Tarefa Covid-19, da universidade.

A assessora técnica da Procuradoria da Mulher, Patrícia dos Santos Erlichman, prestigiou o evento representando a procuradora Gorete Reis. “É uma ação maravilhosa e acredito que todos que dela participam sentem o quanto isso é importante”, opinou. A Procuradoria, segundo informou, tem a missão de acolher as mulheres vítimas de violência.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Construtora Celi e Valor Imobiliária lançam espaço na CasaCor Sergipe
Rodrigo Valadares é eleito a Tesoureiro Nacional do PTB
Transparência do município de Capela obtém nota máxima em avaliação do TCE
Estado e parceiros definem rota turístico-religiosa de Santa Dulce dos Pobres em Sergipe