Aracaju, 5 de dezembro de 2021

Marechal Deodoro da Fonseca: fatos e curiosidades

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Por Tadeu Braga

Manuel Deodoro da Fonseca foi o primeiro presidente do Brasil (1889-1891) nasceu em Lagoa do Sul- AL (atual Marechal Deodoro, nome em sua homenagem).

O primeiro golpe de estado foi a nossa proclamação da república, Deodoro era um militar e político de grande prestigio no império, vivia-se um contexto histórico de crise e a gota d’água foi um boato que ocorreu contra o Marechal (aonde foi espalhado de forma proposital a prisão de Deodoro e Benjamim Constat pelo Visconde de Ouro preto, esse boato deu maior força para adesão geral dos militares a causa positivista e republicana).

Deodoro era amigo do rei D. Pedro II ao qual lhe deu vários cargos, tais como residente do Rio Grande e outras tantas condecorações.

Existem vários fatos curiosos, a exemplo do seu sobrinho e filho de coração Hermes da Fonseca que também governou o Brasil;

No dia 15, o Marechal mobilizou tropas e derrubou o Gabinete Ministerial, que era liderado pelo Visconde de Ouro Preto;

A proclamação só aconteceu no final e foi realizada por José do Patrocínio, vereador da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, Deodoro derrubou o gabinete ministerial e isso levou à formação de um governo provisório, e esse governo optou por nomear Deodoro da Fonseca como presidente do Brasil;

Outro fato curioso é que o maior beneficiado por este golpe, foi o parlamento brasileiro, já que dia 20/11/1889 teria renovação e o Imperador faria várias mudanças. Seu governo foi dividido em duas fases por alguns historiadores: provisória e constitucional.

O presidente decretou a separação do Estado e da Igreja, tornando o estado laico. Isso significa que o casamento na igreja não valia como lei, então precisou ser instituído o casamento civil; criação dos estados federativos;

criação do feriado de Tiradentes: para promover a defesa e exaltação da república, militar morto durante a Inconfidência Mineira; incentivo à industrialização; mudança na bandeira brasileira com lema positivista, esses são as principais mudanças no regime republicano feitas por Deodoro, além da nossa primeira Constituição.

O marechal não era muito diferente de um monarca habitual, era muito autoritário e foi esse um dos motivos centrais para a sua derrubada. O mandato constitucional de Deodoro durou apenas 9 meses, de fevereiro a novembro de 1891. Deodoro renunciou à presidência em 23 de novembro de 1891. No ano seguinte, morreu no dia 23 de agosto, vítima de uma forte crise de dispneia.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Alessandro protocola novo pedido para instalação de CPI sobre Orçamento Secreto
Valadares Filho reeleito presidente estadual do PSB e Rogério exalta aliança em construção com o PT para um projeto forte
Natal Iluminado: programação contempla música e oficinas neste sábado. São mais de 4,5 mi de pontos de luz enfeitando
ABIH-SE promoverá 2ª edição do road show Viva Aracaju