Aracaju, 27 de novembro de 2021

Ministro Rogério Marinho visita obra de esgotamento sanitário da Bacia do Rio Poxim, no município de São Cristóvão (SE)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Investimento na obra é de R$ 59 milhões, incluindo repasses federais, financiamentos e contrapartida estadual. Cerca de 35 mil habitantes da região serão beneficiados

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, visitou nesta terça-feira (26), em São Cristóvão (SE), as obras de complementação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) da Bacia do Rio Poxim e de implantação do SES em localidades nas áreas de influência das sub-bacias 01 e 02 do rio. Ao todo, cerca de 35 mil habitantes serão beneficiados com essas intervenções, que irão aumentar o grau de pureza da água captada no Rio Poxim.

“Estamos impressionados com a magnitude e o impacto desta obra aqui na região. É evidente que ela tem um efeito muito importante para a saúde das pessoas, para a melhoria da qualidade de vida e também na questão de tratarmos o rio que abastece o sistema de água aqui da região”, afirmou Marinho. “São obras integradas que têm o mesmo objetivo: buscar a universalização do sistema de tratamento de esgoto na capital sergipana e na região metropolitana”, completou.

O investimento nas obras é de R$ 59 milhões, sendo R$ 14,6 milhões em repasse por meio do Orçamento Geral da União, R$ 33,3 milhões de financiamentos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), por meio do Programa Avançar Cidades, e R$ 11 milhões em contrapartida do governo do estado, que também atua como executor do projeto.

As obras incluem a construção de 88,1 mil metros de rede coletora de esgotos, 10,5 mil metros de coletores tronco, 13,7 mil metros de emissários, 2,3 mil metros de ligações prediais, três estações elevatórias e uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), localizada no Loteamento Rosa do Oeste, no Bairro Rosa Elze, em São Cristóvão.

A agenda integra a programação da Jornada das Águas – evento que partiu da nascente histórica do Rio São Francisco, no norte de Minas Gerais, e já passou por Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Piauí e, agora, Sergipe e ainda seguirá para Alagoas. Em cada um desses estados o MDR vem apresentando anúncios e entregas de obras de infraestrutura hídrica, preservação e recuperação de nascentes e cursos d’água, saneamento, irrigação, apoio ao setor produtivo e aos municípios, além de mudanças normativas que vão revolucionar a maneira como o brasileiro se relaciona com a água.

Foto: Erasmo Salomão/MDR

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Políticos e lideranças defendem Mitidieri e só a “bolha” prefere Edvaldo! 
Beneficiários da tarifa social terá bandeira verde em dezembro
PC prende investigado por homicídio praticado em São Cristóvão
Espetáculo  Parada de Natal é uma das atrações deste sábado