Aracaju, 29 de novembro de 2021

Abertas as inscrições para o Programa STEAM TechCamp Brasil

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A quinta edição terá a duração de 12 meses, de janeiro a dezembro de 2022, e possibilitará aos inscritos participarem, no período de 26 a 28 de janeiro, de atividade para integração e preparação para o Encontro Virtual STEAM TechCamp Brasil 2022

Já estão abertas as inscrições para a 5ª edição do Programa STEAM TechCamp Brasil, que tem como objetivo estruturar uma rede de multiplicadores formada por gestores das secretarias estaduais de educação e professores líderes de ações escolares em Ciências, Tecnologia, Engenharias, Artes e Matemática (STEAM), com potencial e liderança para articular e aprimorar ações existentes, elaborar e implantar novas ações voltadas à aprendizagem ativa de STEAM nas redes públicas de educação básica do Brasil.

A quinta edição terá a duração de 12 meses, de janeiro a dezembro de 2022, e possibilitará aos inscritos participarem, no período de 26 a 28 de janeiro, de atividade para integração e preparação para o Encontro Virtual STEAM TechCamp Brasil 2022. Essa atividade terá a duração de três horas, via Google Meeting, e contará com a presença da equipe organizadora, que vai compartilhar a visão sobre o programa, os objetivos, seus benefícios e sugerir materiais de estudo e atividades de preparação para o Encontro Virtual.

Os participantes também contarão com atividades de formação do Encontro Virtual do STEAM TechCamp Brasil 2022, no período de 14 a 18 de fevereiro de 2022. Este encontro será na modalidade virtual, pela Plataforma Zoom, e contará com atividades de sensibilização e formação para o desenvolvimento de planejamento estratégico para fomentar a aprendizagem ativa de STEAM nas escolas públicas.

Estão planejadas palestras com líderes educacionais e de empreendedorismo, discussões em grupo, construções coletivas e dinâmicas utilizando técnicas de “Design Thinking”, atividades com especialista norte-americano em língua inglesa, e elaboração de propostas de Planejamento Estratégico para implementação em suas comunidades escolares.

Outras atividades

Os participantes dessa 5ª edição também terão acesso à plataforma de comunicação da Rede STEAM TechCamp Brasil para trocar experiências e suporte a distância de especialistas e profissionais da Embaixada dos EUA, do LSI-TEC, da POLI-USP e Alumni da rede STEAM TechCamp Brasil que participaram de edições anteriores do programa.

Durante o Encontro, por meio de interações pela Plataforma da Rede, eles terão apoio para planejar, elaborar, implementar e avaliar estratégias e ações voltadas à aprendizagem ativa de STEAM em redes públicas de educação básica.

Público-alvo

Poderão participar os gestores de secretarias estaduais de educação envolvidos na elaboração e implementação de políticas e programas relacionados ao ensino de Ciências no Ensino Fundamental e/ou Ensino Médio, recomendados por sua respectiva secretaria de educação (27 vagas); professores do Ensino Fundamental II ou Ensino Médio de escolas públicas de redes estaduais (27 vagas), e professores de Ensino Médio de institutos federais (10 vagas).

Gestores e professores que participaram da seleção do programa em edições anteriores mas não foram escolhidos podem se inscrever novamente. Participantes das edições de 2018, 2019, 2020 e 2021 já são Alumni da rede STEAM TechCamp Brasil e não poderão ser inscritos para o programa de 2022.

Inscrições

As inscrições devem ser feitas até 12 de novembro, por meio do preenchimento completo do formulário online e upload de carta de recomendação (como arquivo PDF, JPG GIF ou PNG), no site oficial do programa (https://steamtechcampbrasil.febrace.org.br/v2022/)

Para gestores, a carta de recomendação deve ser emitida e assinada pela secretaria de educação do estado. O conteúdo deve destacar experiências anteriores, potencial e liderança do gestor para articular e aprimorar ações existentes, bem como para elaborar e implantar novas ações voltadas à aprendizagem ativa de STEAM na rede desta Secretaria.

Para professores, a carta de recomendação pode ser emitida e assinada pela secretaria de educação do estado, diretoria regional de ensino ou direção da escola em que o professor atua. O conteúdo da carta deve destacar experiências anteriores envolvendo práticas de aprendizagem ativa de STEAM desenvolvidos pelo professor em escola pública. Essas práticas podem envolver: estímulo à cultura de aprendizagem criativa – Maker ou abordagens investigativas e interdisciplinares ou iniciação à pesquisa científica e tecnológica ou empreendedorismo ou mais de uma das anteriores. Deve ser destacada também a importância para a escola e para os alunos envolvidos na aplicação dessas práticas pelo professor e se ele as fez individualmente ou com outros professores da Escola.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

39 famílias retiradas de casas em áreas de risco após fortes chuvas em Canindé de São Francisco
Estudantes  universitários de Carira recebem ônibus adquirido com emenda de Alessandro Vieira
Hospital de Urgências de Sergipe abre processo seletivo de 16 vagas para Residência Médica
Gracinha participa de 24ª Conferência Nacional da Unale