Aracaju, 7 de dezembro de 2021

Saúde de Aracaju registra boletim de ocorrência contra homem armado que ameaçou servidora por comprovante de vacinação

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Secretaria Municipal da Saúde de Aracaju registrou boletim de ocorrência contra homem que se passou por policial e ameaçou servidora de ponto de vacinação. O fato ocorreu no último dia 19, no drive thru do Parque da Sementeira, quando um veículo passou por todas as estações de atendimento de vacinação de segunda dose e, ao chegar à última estação, o passageiro apresentou arma e distintivo para a técnica de enfermagem, afirmando ser policial e arrastando o seu automóvel em posse do cartão de vacinação preenchido com as duas doses, com lote de imunizante e data.

De acordo com depoimento da técnica de enfermagem que abordou o veículo, o homem disse que estaria perseguindo o carro da frente. De posse das imagens do circuito de segurança do Parque, a SMS identificou placa e proprietário do veículo, cujo nome consta na lista de usuários que deram entrada para segunda dose naquele dia no local.

O registro de segunda dose não foi lançado no prontuário eletrônico e o cartão de vacinação não foi assinado. Dessa forma, a anotação de segunda dose realizada no cartão de vacinação não tem valor documental para apresentação em espaços públicos ou serviços que exijam comprovação de imunização.

O caso está sendo investigado pela Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP), por meio da 1ª Delegacia Metropolitana, que já adotou as medidas necessárias para intimar o envolvido. A SSP também informou não haver servidor do órgão com o nome e o CPF apresentados no local de vacinação.

A secretária municipal da Saúde, Waneska Barboza, lamentou o ocorrido e reafirmou a eficácia da vacina, que já alcançou 89,82% da população aracajuana acima de 12 anos.

“É inadmissível nossas equipes passarem por esse tipo de situação. Acreditamos que a pessoa seja negacionista e que quis o comprovante de duas doses pela obrigatoriedade de apresentação em espaços públicos. A eficácia da vacina é comprovada pelas reduções de casos e de óbitos em Aracaju e no país. Este mês, os leitos municipais para covid passaram quatro dias consecutivos sem registro de internação, mostrando a relação direta entre vacinação e diminuição de casos da doença”, afirmou.

A gestora também ressaltou que os pontos de vacinação contra covid contam com câmeras de monitoramento e com rondas frequentes da Guarda Municipal.

Fonte e foto SMS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

8 UBSs abrirão para vacinação covid e serviços no sábado
Ônibus escolar perde freio em Santa Luzia e quase derruba casa
Prefeitura de Aracaju inicia pagamento do auxílio financeiro do programa Professores On
População da Barra dos Coqueiros está revoltada com suposta notícia de mudança, afirma Adailton