Aracaju, 1 de dezembro de 2021

Covid-19: Aracaju vacinou mais de 23 mil pessoas nesta semana

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

“A vacina é importante, porque nos ajuda a prevenir essa doença. É bom que o poder público tenha essa preocupação com a saúde das pessoas, para diminuir as contaminações. Além de ser para o nosso bem, é para o bem de quem está próximo da gente.”

O depoimento transcrito no parágrafo acima é da vendedora Emile Santos de Almeida, de 21 anos, que se dirigiu na manhã desta sexta-feira, 29, ao estacionamento vertical do shopping RioMar para tomar a segunda dose da vacina contra a covid-19.

Emile se soma às 23.149 pessoas que foram imunizadas somente esta semana, de segunda (25) a esta sexta-feira, 29, pela Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), em diversos pontos espalhados estrategicamente pela capital. Com mais esse percentual, a capital sergipana continua se destacando no cenário nacional, com 89,88% da população acima dos 12 anos vacinada, o que equivale a 512.232 pessoas.

A professora Camila Vieira da Silva, 25, também tomou sua segunda dose no RioMar. Para ela, o sentimento é de alívio. “Estou bem tranquila depois que tomei a minha segunda dose, graças a Deus. Espero que as pessoas se previnam, porque temos que cuidar da nossa saúde e da saúde do próximo”, narrou.

A consultora de vendas Vanessa Caroline Santos Ramos, 25, comunga da mesma opinião. “O sentimento é maravilhoso, de muita tranquilidade. Espero que todos tenham essa consciência para que tudo volte ao normal. É o que espero, porque quanto antes a gente se livrar disso, melhor. Recomendo a todos para tudo voltar ao normal, como sempre foi”, destacou.

No drive-thru montado no parque da Sementeira, o engenheiro civil, Michael dos Santos Fachel, 23, tomou sua segunda dose. “É muito bom concluir o esquema. Deu tudo certo. É bom que todo mundo venha tomar para a gente ir ao estádio torcer para o Confiança”, disse sorridente.

O motorista de aplicativo José Wendel dos Santos Lima, 25, disse estar realizado. “É uma realização, uma coisa que todos esperam há muito tempo e, nesse momento, sinto uma felicidade imensa. Recomendo que as pessoas venham tomar, em favor da vida”, relatou.

Maria dos Santos, 66, tomou a dose de reforço no drive da Sementeira. “É importante tomar a terceira dose, porque a gente se livra dessa doença logo. A pessoa já vive doente, e aí com essa doença, fica pior. Tomo todas as vacinas que vierem”, destacou.

Cronograma

O cronograma segue direcionado à população adolescente com idade entre 12 e 17 anos, pessoas acima de 18 anos, gestantes, puérperas e lactantes, os inseridos na repescagem, além do adiantamento da segunda dose.  Também está sendo aplicada a dose de reforço nos idosos, além dos imunossuprimidos 40+, e profissionais de saúde vacinados.

Desde a terça-feira, dia 26, a Secretaria Municipal da Saúde de Aracaju passou a antecipar a segunda dose de AstraZeneca para quem precisa tomar o imunizante até 30 de novembro.

Para essa nova antecipação, foram selecionados os seguintes pontos de vacinação, que funcionam de segunda a sexta-feira: UBSs Amélia Leite (Suíssa), Augusto Cesar leite (Santa Tereza), Cândida Alves (Santo Antônio), Carlos Fernandes (Lamarão), Carlos Hardmam (Soledade), Edézio Vieira de Melo (Siqueira Campos), Fernando Sampaio (Castelo Branco), Francisco Fonseca (18 do Forte), João Bezerra (Areia Branca), João Cardoso (José Conrado de Araújo) Marx de Carvalho (Ponto Novo e Osvaldo Leite (Santa Maria) e os drives da Sementeira e do 28 BC.

Não é necessário apresentar código para receber segunda dose nos drives. A documentação necessária é: cartão de vacinação (obrigatório), documento com foto e comprovante de residência de Aracaju.

Fonte e foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Construtora Celi e Valor Imobiliária lançam espaço na CasaCor Sergipe
Rodrigo Valadares é eleito a Tesoureiro Nacional do PTB
Transparência do município de Capela obtém nota máxima em avaliação do TCE
Estado e parceiros definem rota turístico-religiosa de Santa Dulce dos Pobres em Sergipe