Aracaju, 5 de dezembro de 2021

Preço de diesel chega a R$ 5 e outubro termina com aumento de 6% no preço do combustível

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Com sexto aumento consecutivo, o diesel já está 42% mais caro quando comparado com o mesmo período de 2020

O mês de outubro termina com a sexta alta consecutiva para o preço do diesel, com o valor do litro acima da média de R$ 5, revela o último levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL). No comparativo com o fechamento de setembro, o aumento foi de 5,76%, com o litro comercializado a R$ 5,214. Quando o valor é comparado à média de outubro do ano passado, a diferença chega a 42%, pois os motoristas encontravam o combustível nas bombas a R$ 3,683.

“Como já sinalizava na primeira quinzena de outubro, o preço do diesel se confirmou com um novo avanço nos valores, cenário que deve se repetir no próximo período em razão do último anúncio de alta de 9,5% no repasse do combustível às refinarias. Os postos devem refletir esse aumento nas bombas nos próximos dias”, pontua Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

Desde o início do ano as bombas de todo o País registraram aumentos consecutivos para o combustível, com exceção de abril. O tipo S-10 fechou o mês outubro com média de R$ 5,306, avanço de 6,48% no comparativo com setembro. Em todas as regiões brasileiras, tanto o diesel comum quanto o S-10 também ficaram mais caros nos postos. A Região Nordeste registrou a maior alta para o diesel, de 6,09%, e o Centro-Oeste concentrou o maior aumento para o tipo S-10, avanço de 6,84%.

A Região Norte permanece liderando o ranking dos preços médios mais altos, com o diesel comum a R$ 5,440, e o diesel S-10, a R$ 5,508. No Sul, os valores mais baixos por litro foram registrados: o tipo comum foi comercializado a R$ 4,807, e o tipo S-10, a R$ 4,887.

Os postos do Acre continuam a apresentar o diesel comum mais caro do País, comercializado a R$ 5,941, avanço de 3,30% no comparativo com setembro. Já no Paraná, o preço médio mais baixo foi registrado pelos postos, a R$ 4,761, mesmo com a alta de 6,06%. O cenário no recorte por estado é o mesmo para o diesel S-10, comercializado nos postos acreanos a R$ 5,997, e nos postos paranaenses, a R$ 4,840.

Os maiores aumentos dos preços médios foram registrados no Amazonas, de 9% no caso do diesel comum, e de 8,30% para o tipo S-10. Nenhum estado apresentou recuo nos preços para o diesel no fechamento da média de setembro.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Ticket Log, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo. A Ticket Log, marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil, conta com mais de 30 anos de experiência e se adapta às necessidades dos clientes, oferecendo soluções modernas e inovadoras, a fim de simplificar os processos diários.

Informações Ticket Log

Fonte RPMA Comunicação

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Assédio é principal violência a meninas em ambiente virtual
Entenda as novas regras da Tarifa Social de Energia Elétrica
Simão Dias receberá Centro de Especialidades Médicas e Base do Samu  
Espetáculo circense é uma das atrações do Natal Iluminado