Aracaju, 5 de dezembro de 2021

Polícia prende homem suspeito de queimar corpo de grávida

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A polícia prendeu na manhã desta sexta-feira (05) o homem suspeito de ter jogado álcool em gel em gestante e atear fogo. A vítima está com 60% do corpo com queimaduras.

Com quase 60% do seu corpo queimado e grávida de cinco meses, Emilly Rione Fagundes de Lima, permanece internada em um hospital em Aracaju e não corre o risco de morrer.

O caso ocorreu no dia 7 de outubro, no Bairro Coroa do Meio, em Aracaju. A vítima tem 18 anos e continua internada em um hospital particular da capital sergipana, onde está tratando as queimaduras, que chegaram ao terceiro grau. O quadro de saúde dela e da bebê é estável.

Segundo relatos ditos por ele no dia do crime,  a esposa estaria perto do fogão fazendo comida, quando veio a se queimar. Mas, a polícia não engoliu essa versão dita por ele e no trabalho investigativo, foi descoberto que José Weverton teria jogado álcool em gel em cima da companheira e depois tocado fogo.

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV).

Foto redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Mais da metade dos maiores de 18 anos consome bebidas alcoólicas
Assédio é principal violência a meninas em ambiente virtual
Entenda as novas regras da Tarifa Social de Energia Elétrica
Simão Dias receberá Centro de Especialidades Médicas e Base do Samu