Aracaju, 28 de novembro de 2021

Adema resgata animais silvestres em bairros da capital

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Aves, répteis e mamíferos foram avaliados, alguns receberão tratamento no Cetas, outros foram postos à soltura

Atendendo à diversas solicitações, no último fim de semana, equipes de fauna da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) efetuou o resgate de diversos animais silvestres em bairros da capital.

No bairro Atalaia, Zona Sul da capital, uma das equipes efetuou o resgate de uma jandaia (Eupsittula aurea), que estava caída em frente a uma academia de ginástica. Após a contenção  e realizada a  análise clínica, foi constatado que a ave encontrava-se em estado de choque e necessitava de cuidados clínicos, tendo sido encaminhada para o Centro de Tratamento de Animais Silvestres (Cetas).

Ainda no mesmo bairro, profissionais receberam o chamado para  resgatar um sagui-de-tufo-branco (Callithrix jacchus) que estava em uma residência. Feita a análise clínica, constatou-se que o mamífero também se encontrava em estado de choque, e, posteriormente, foi encaminhado ao Cetas para tratamento.

Também na Zona Sul da capital, uma das equipes foi acionada para resgatar uma iguana (Iguana iguana) que estava no jardim de uma residência, no bairro Coroa do Meio. Após a avaliação clínica, observou-se que o réptil encontrava-se saudável, sendo posto à soltura em área de reserva ambiental.

No bairro Aruana, Zona de Expansão de Aracaju, outra equipe de fauna do órgão foi acionada para fazer o resgate de uma jiboia arco-íris (Epicrates), que se encontrava na janela de uma residência. Avaliado clinicamente, observou-se que o animal se encontrava ativo e saudável, tendo sido devolvido em área de reserva ambiental.

No bairro Jardins, na Zona Sul, os profissionais resgataram um cagado d?água ( Chelidae) que encontrava-se há meses em uma residência. No local, a equipe constatou que o animal era mantido em cativeiro, tendo sido encaminhado ao Centro de Tratamento de Animais Silvestres (Cetas) para reabilitação.

Nas imediações, porém, no bairro Grageru, um carcará (Caracara plancus) que se encontrava na garagem de um edifício foi resgatado por uma das equipes. Realizada a avaliação clínica, foi certificado que o pássaro necessitava de cuidados clínicos, tendo sido encaminhada ao Centro de Tratamento de Animais Silvestres (Cetas) para receber o tratamento necessário.

A Adema informa que, caso a população encontre algum animal silvestre é importante acionar as equipes especializadas do órgão para fazer o resgate ou apreensão, por meio do telefone (79) 9 9191-5535. O mesmo número também serve para agendar a entrega voluntária de animais.

Fonte e foto Adema

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Inscritos no Enem fazem neste domingo segundo dia de provas
Covid-19: Aracaju vacinou 17.398 mil pessoas nesta semana
Vice-governadora conhece serviços da Casa Mulher em Itabaianinha
Senador Alessando Vieira protocola emenda substitutiva para barrar interesses individuais