Aracaju, 28 de novembro de 2021

Maria de Medeiros conta como se tornou amiga de Tarantino: “Depois de dias em SP”

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Convidada do Conversa com Bial da noite de quarta-feira, 10/11, a atriz, diretora e cantora Maria de Medeiros atuou em mais de 120 produções no cinema, tornando-se musa de filmes cult dos anos 1990. Entre eles, está o clássico de Quentin Tarantino, “Pulp Fiction” (1994). Em sua entrevista, ela contou como foi chamada para interpretar Fabienne, par romântico de Bruce Willis.

No ar em “Verdades Secretas” como BlancheMaria conta que conheceu Tarantino em um minúsculo festival do sul da França em uma das primeiras viagens do diretor à Europa para lançar “Reservoir Dogs”. A amizade nasceu ali, mas os laços se estreitaram no Brasil, onde voltaram a se encontrar para a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, um prato cheio para cinéfilos. ”Quentin ficou no sétimo céu!”, relembrou.

“De fato, foi depois desses dias em São Paulo que recebi o roteiro de ‘Pulp Fiction’. Era um roteirão enorme, super literário, que não se parecia com nada, um quebra-cabeças cronológico. Lembro de pensar ‘quero fazer isso. Amo. Mas não sei quem vai ver’.”

Por Gshow

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Políticos e lideranças defendem Mitidieri e só a “bolha” prefere Edvaldo! 
Beneficiários da tarifa social terá bandeira verde em dezembro
PC prende investigado por homicídio praticado em São Cristóvão
Espetáculo  Parada de Natal é uma das atrações deste sábado