Aracaju, 7 de dezembro de 2021

Projeto apoiado pelo Governo de Sergipe desenvolve aplicativo de serviços para condomínios

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Com incentivos da Fapitec, plataforma Resolveapp media contato entre prestadores e clientes para facilitar contratação e execução de serviços específicos em prédios e espaços condominiais

Um novo aplicativo para smartphone promete facilitar a vida de administradores e funcionários de condomínios, mediando o contato entre prestadores de serviços e clientes cadastrados. Intitulado Resolveapp, a plataforma é uma das propostas contempladas pelo Programa Centelha, edital conduzido pelo Governo do Estado através da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec).

O aplicativo conta com diversos tipos de serviços disponíveis para condomínios, como reformas de estrutura, instalações de boxes e telas para janelas, móveis planejados, transportes, implantação de placas fotovoltaicas, dentre outros. Entre os benefícios da plataforma estão a possibilidade de buscas e o agendamento dos serviços de forma simples e organizada. O pagamento facilitado dos serviços prestados através da plataforma digital é uma modalidade que em breve estará disponível para os usuários.

“A plataforma contará como diferencial de mercado a filtragem dos prestadores de serviços mediante as preferências e localização dos clientes, além da avaliação dos prestadores de serviços, para uma melhor relação de confiança. O pagamento também será viabilizado através de várias modalidades oferecidas pela plataforma”, explicou o coordenador do projeto e gerente de Negócios, Willian Douglas Oliveira. Também integram a equipe o gerente de Tecnologia, Fabiano Cagé; o gerente de Vendas, Hélio Luiz, e o gerente administrativo, Mikael Araújo.

Ainda segundo Willian, o projeto passou por modificações para atender melhor às demandas de mercado. “A mudança considerável está na oferta de produtos. No primeiro momento, iríamos oferecer somente o modelo de compras coletivas. Hoje, pretendemos ter duas modalidades: oferecer os produtos de forma simples e espontânea e por compra coletiva”, ressaltou. Atualmente, o projeto está em fase final de desenvolvimento, com cadastro dos primeiros prestadores de serviço e previsão de lançamento ainda para 2021.

O coordenador pontua a importância do edital do Programa Centelha para o desenvolvimento do projeto. “Além de oferecer o recurso financeiro, que foi essencial para desenvolvimento da plataforma digital, houve orientações para aprimoramento da criação da startup e gerenciamento”, destacou.

Centelha

O Centelha visa estimular o empreendedorismo inovador voltado ao desenvolvimento de bens e serviços, viabilizando negócios que incorporem tecnologias a setores estratégicos para o estado. Mais de 20 empresas foram contempladas na primeira edição do edital, através da qual foram concedidos R$ 1,2 milhão em incentivos. O mesmo montante será reservado à segunda edição do programa, já em vias de lançamento. O edital conta com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT/Finep) e contrapartida do Fundo Estadual para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funtec).

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Laranjeiras adapta formato do Encontro Cultural à pandemia
Prefeito de Muribeca realiza entrega de uniformes para times
PC de Sergipe colabora com prisão de suspeito de homicídio que estava foragido em Santa Catarina
Comunidade feminina de Propriá conta agora com exame de mamografia local e gratuito