Aracaju, 28 de novembro de 2021

Transporte Público: Nitinho cobra respeito ao Legislativo Municipal

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

“O superintendente da SMTT de Aracaju, Renato Teles, precisa respeitar o Poder Legislativo e prestar às informações solicitadas pelos vereadores. Caso ignore os parlamentares mais uma vez e não compareça à reunião, será oficialmente convocado a prestar esclarecimentos na tribuna desta Casa”.

O pronunciamento do presidente da Câmara Municipal de Aracaju, Nitinho Vitale (PSD/SE), foi uma reação ao que classificou como “uma postura recorrente de desrespeito” do auxiliar municipal para com os 24 vereadores da Casa.

Em apartes, confirmaram a insatisfação da Casa para com a postura do superintendente os vereadores Anderson de Tuca (PDS/SE), Emília Corrêa (Patriota), Fábio Meirelles (PSC/SE), Breno Garibalde (DEM/SE), Eduardo Lima (Republicanos), Sargento Byron, Manuel Marcos (PSD/SE) e Pastor Diego (PP/SE).

“Nenhum secretário municipal pode ser maior do que o Poder Legislativo”, argumentou Nitinho. Em nome do colegiado, ele anunciou que será autor do requerimento de convocação do superintendente da SMTT, recebendo o imediato referendo do plenário.

A reação do presidente refletiu a insatisfação dos vereadores que tomaram a iniciativa de convidar Renato Teles para debater os problemas do transporte público de Aracaju, em reunião interna da Comissão de Obras, Serviços Públicos, Transporte e Meio Ambiente. “O desrespeito e o descaso do superintendente têm sido recorrentes e expressado pelos mais diversos representantes desta cidade”, disse, explicando que o superintendente tem ignorado todas as demandas legislativas. “Ele informou por terceiros que não iria comparecer à reunião”, lamentou o presidente, esclarecendo que o transporte é uma pauta de interesse público, objeto de participação direta dos vereadores.

“Tenho certeza de que o prefeito Edvaldo Nogueira não concorda com o comportamento deste secretário”, reconheceu Nitinho, alertando que o episódio não reflete disputa eleitoral.

Apartes – Em apartes, os vereadores de Aracaju agradeceram a defesa do parlamento feita pelo presidente da Câmara.

O vereador Anderson de Tuca (PDT) disse que nunca se sentiu tão bem representado como parlamentar. Já Fábio Meireles (PSC) disse ter muito orgulho de ser amigo e colega do presidente Nitinho.

Soneca (PSD), além de parabenizar, disse que tirava o chapéu, a peruca e o nariz para Nitinho. Já Emília Corrêa (Patriota), apesar de concordar com o discurso do presidente em partes, acredita que a culpa dessa falta de respeito seja do gestor municipal.

Ricardo Vasconcelos (Rede) disse que o dia 10 de novembro vai ficar na história do parlamento de Aracaju, “quando o presidente sai de sua cadeira para defender seus pares”.

Eduardo Lima (Republicanos), membro titular da Comissão de Obras, Serviços Públicos, Transportes e Meio Ambiente da CMA, disse que o superintendente da SMTT não teve nem a hombridade de desmarcar a reunião, enviou recado por outro secretário; Manuel Marcos (PSD) parabenizou Nitinho e disse não esperar outra atitude do presidente. Pastor Diego (PP) falou que se sente honrado pela postura de Nitinho na defesa do parlamento. Sargento Byron (Republicanos) lembrou que, com o discurso do presidente, ficou claro que a CMA não é um puxadinho da Prefeitura de Aracaju e que ninguém pode desmoralizar o parlamento.

Foto Gilton Rosas

Por Agência Câmara Aracaju

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Políticos e lideranças defendem Mitidieri e só a “bolha” prefere Edvaldo! 
Beneficiários da tarifa social terá bandeira verde em dezembro
PC prende investigado por homicídio praticado em São Cristóvão
Espetáculo  Parada de Natal é uma das atrações deste sábado