Aracaju, 28 de novembro de 2021

Projeto da deputada Maisa Mitidieri reconhece a Associação Afro-Brasileira como utilidade pública

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Durante a sessão plenária da última quarta-feira, 17, na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), o projeto de Lei nº 282/2021, protocolado pela deputada estadual Maisa Mitidieri foi aprovado por unanimidade. A propositura visa tornar de Utilidade Pública Estadual a Associação Afro-Brasileira e do Desenvolvimento dos Remanescentes de Quilombo do Povoado Palmeiras.

Com sede na zona rural no município de Riachão dos Dantas/SE, a entidade é dedicada à filantropia, preservação e valorização da cultura afro-brasileira e desenvolvimento educacional e social. Promovendo estudos, cursos, seminários, palestras, encontros e outras atividades culturais e pedagógicas para a conscientização e emancipação humana e social.

A associação oferece também, na prática educativa, o elemento emancipador dos negros e de todos excluídos buscando dignidade e cidadania. Fomentando projetos que correspondam com as necessidades básicas e melhoria da qualidade de vida da população afrodescendente, especialmente de crianças, adolescentes, idosos e mulheres.

Para a  deputada Maisa, o ato destaca a importância da entidade para comunidade. “A declaração de utilidade pública é um reconhecimento aos serviços prestados pelas entidades a sociedade. Com o título,a associação pode reivindicar benefícios, entre outros direitos”, afirma.

Por Camilla Araújo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Arquiteta fala sobre mudanças nos lares durante a pandemia
Inscritos no Enem fazem neste domingo segundo dia de provas
Covid-19: Aracaju vacinou 17.398 mil pessoas nesta semana
Vice-governadora conhece serviços da Casa Mulher em Itabaianinha