Aracaju, 29 de novembro de 2021

DHPP elucida homicídio ocorrido no conjunto Jardim II e divulga imagens de envolvidos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A investigação sobre o homicídio qualificado que vitimou Isaac Bispo dos Santos foi conclúida pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) nesta sexta-feira, 19. O crime ocorreu na tarde do último dia 29 de maio, na Rua I, do conjunto Jardim II, em Nossa Senhora do Socorro.

Segundo as investigações, quatro homens chegaram num veículo e efetuaram disparos de armas de fogo contra a vítima, que estava num depósito de bebidas. Isaac foi atingido e encaminhado à unidade de saúde do próprio conjunto, mas já chegou ao local sem vida. Durante o crime, uma segunda pessoa também foi atingida pelos disparos, e sobreviveu.

A partir de diligências investigatórias realizadas pelo DHPP, com o auxílio da Força Tática do 5º Batalhão de Polícia Militar, concluiu-se que Leniton dos Santos Bezerra, conhecido como “Capitão Gancho”, Jeferson da Silva Santos, de apelido “Dinho”, e Jailton de Andrade Santos, também identificado como “Novato” ou  “Mago”, são os suspeitos do homicídio qualificado.

A polícia chegou ao quarto envolvido no crime, mas ele foi vítima de homicídio no dia 30 de maio de 2021. Em decorrência do que foi apurado, o DHPP representou pela prisão preventiva dos suspeitos, tendo sido decretada pela Justiça.

No momento, a Polícia Civil trabalha para localizar os três suspeitos, que se evadiram dos seus respectivos endereços. Assim, informações sobre o paradeiro deles podem ser repassadas por meio do Disque-Denúncia, no telefone 181. O sigilo é garantido.

Fonte e foto SSP

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Prefeitura intensifica ações voltadas à saúde do homem
Conselho de Psicologia estabelece prazo para adequação de serviços na Hapvida  
Dermatologista orienta sobre cuidados com a pele durante o Verão
39 famílias retiradas de casas em áreas de risco após fortes chuvas em Canindé de São Francisco