Aracaju, 5 de dezembro de 2021

CRIE disponibiliza vacinas para profissionais de saúde

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE), localizado no prédio anexo ao Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse), oferta atualmente 16 vacinas e quatro categorias de imunoglobulinas específicas para pacientes, profissionais de saúde e pessoas que possuem necessidades específicas de imunização, que não são ofertadas pelas Unidades Básicas de Saúde. O atendimento é realizado de segunda a sexta, das 7h30 às 17h.

A médica, Márcia Estela Lopes, destaca a importância do órgão e as principais necessidades apresentadas pelos usuários na unidade. “Somos também responsáveis por garantir os mecanismos necessários para investigação, acompanhamento e elucidação dos casos de eventos adversos pós-vacinais e pela aplicação do Palivizumabe, além de pacientes com doenças crônicas e/ou com o sistema imunológico comprometido por conta de imunodeficiências congênitas, ou adquiridas (HIV/Aids), câncer, transplantes de órgãos sólidos ou medula óssea e imunodepressão terapêutica”, destaca.

Profissionais de Saúde

Os profissionais de saúde também têm direito a vacinação, devido à vulnerabilidade pela exposição provocada no ambiente de trabalho de forma cotidiana, pois, estão direta ou indiretamente expostos a diferentes e diversos microrganismos, que podem gerar quadros de infecção. Portanto, é de suma importância que os profissionais da área da saúde recebam orientação e se imunizem. Uma medida preventiva subsidiada pela legislação que trata da saúde do trabalhador. Entre as vacinas indicadas para esta classe profissional estão a Hepatite B, Influenza, Tríplice Viral, Antitetânica, Pneumocócica 23, Hepatite A e Meningocócica C, além da Varicela.

O Crie não trabalha com demanda espontânea, mas a partir do encaminhamento de um médico especialista, ou seja, para as pessoas com comorbidades e indicação de diagnóstico, é obrigatório o agendamento pelo telefone 3259 – 3656. Também é preciso apresentar o número do cartão SUS, caderneta de vacinação e laudo médico com o diagnóstico e indicação das vacinas.

Fotos: Valter Sobrinho

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Assédio é principal violência a meninas em ambiente virtual
Entenda as novas regras da Tarifa Social de Energia Elétrica
Simão Dias receberá Centro de Especialidades Médicas e Base do Samu  
Espetáculo circense é uma das atrações do Natal Iluminado