Aracaju, 28 de novembro de 2021

Prefeitura de Aracaju libera visitas aos lotes do leilão de bens inservíveis. Veja a relação

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Os interessados em conhecer os materiais do segundo leilão de bens inservíveis da Prefeitura de Aracaju já podem visitar os lotes a partir desta segunda-feira, 22. Para essa edição estão sendo disponibilizados oito veículos, além de materiais escolares, hospitalares e de escritórios, utensílios domésticos, equipamentos de informática, e áudio e vídeo. A visitação segue até a próxima quinta-feira, 25, das 8h às 11h e das 14h às 16h. Todo o leilão será realizado de forma virtual, no próximo dia 26, no endereço eletrônico www.rjleiloes.com.br.

De acordo com a comissão responsável pela realização do certame, que é executado por meio da Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplog), os lotes podem ser visitados nos seguintes endereços: Lotes 01 ao 15 – galpão localizado à rua Frei Luiz Canolo de Noronha, 290 – bairro Ponto Novo; Lotes 16 ao 17 – Usina de Asfalto da Emurb, situada à Rodovia João Bebe Água, em São Cristóvão/SE; Lotes 18 ao 19 – Garagem da Empresa Municipal de Urbanização (Emurb), situada à Rua Acre, s/n – bairro Siqueira Campos; e, Lotes 20 ao 22 – sede da Guarda Municipal de Aracaju, localizada no Parque Governador Augusto Franco (Parque da Sementeira).

Para participar do leilão é necessário fazer cadastro prévio no site do leiloeiro oficial (www.rjleiloes.com.br) até 48 horas antes do início do evento. Podem oferecer lances pessoas inscritas no Cadastro de Pessoa Física (CPF) e/ou no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), sendo vedada a participação de empresas em consórcio.

Foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Inscritos no Enem fazem neste domingo segundo dia de provas
Covid-19: Aracaju vacinou 17.398 mil pessoas nesta semana
Vice-governadora conhece serviços da Casa Mulher em Itabaianinha
Senador Alessando Vieira protocola emenda substitutiva para barrar interesses individuais