Aracaju, 29 de novembro de 2021

Prefeitura abre edital de arte urbana para seleção de grafiteiros

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Empenhada na execução total dos recursos da Lei Aldir Blanc, de modo a transformá-los em políticas culturais, a Prefeitura de Aracaju, por intermédio da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), lançou o edital “Colora – Arte Urbana”, destinado à seleção de cinco grafiteiros com projetos voltados para a sergipanidade.

O edital reúne investimento de R$15 mil, contemplando com R$3 mil cada um dos projetos selecionados. Estes são os últimos recursos da Lei Aldir Blanc, cuja execução, em Aracaju, está próximo de atingir R$4,7 milhões em investimento, o equivalente a 100% do orçamento destinado pelo governo federal para fomento ao setor cultural durante a pandemia.

O novo projeto permite a extensão do Festival Colora, que desde o início do ano vem distribuindo painéis artísticos em grafite por toda a capital. As inscrições para o edital já estão abertas e se estendem até o dia 25 de novembro. Para se inscrever, é necessário acessar a plataforma Mapa Cultural de Sergipe, pelo endereço eletrônico https://mapas.cultura.se.gov.br.

Entre as exigências do edital, estão experiência mínima de 24 meses anteriores à pandemia para os artistas, além de projetos voltados exclusivamente para a sergipanidade. A avaliação será feita por uma comissão designada pela Funcaju, com base em três critérios: originalidade, qualidade técnica e coerência temática. O edital na íntegra está publicado no linktr.ee da Funcaju (linktr.ee/funcaju).

O resultado preliminar do edital será divulgado no dia 26 de novembro, no site da Prefeitura de Aracaju e redes sociais da Funcaju. Antes do resultado definitivo, que será divulgado no dia 29 de novembro, haverá prazo para interposição de recurso. O período de efetivação dos contratos e contratação dos corais será entre 29 de novembro e 03 de dezembro.

Referência na Lei Aldir Blanc

O lançamento do edital permite ao município de Aracaju dar mais um passo na direção da execução máxima dos recursos da Lei Aldir Blanc, cujo processo, até aqui, coloca a capital sergipana entre as de melhor desempenho do país. Na primeira leva de projetos, Aracaju atingiu 99% da execução dos recursos da Lei Aldir Blanc, figurando como a sexta melhor capital do país no aproveitamento de recursos.

Foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Janier Mota comemora inauguração do Hospital de Itabaianinha
Prefeitura intensifica ações voltadas à saúde do homem
Conselho de Psicologia estabelece prazo para adequação de serviços na Hapvida  
Dermatologista orienta sobre cuidados com a pele durante o Verão