Aracaju, 28 de novembro de 2021

Circuito de Artes da palco dos Sonhos se despede de Laranjeiras

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O evento que começou no dia 19 de novembro está sendo encerrado nesta quarta-feira, 24 de novembro. Diversos visitantes puderam apreciar de perto as 60 obras feitas pelos artistas plásticos sergipanos: Nino Karvan, Sônia Mellone, Antônio da Cruz e a prata da casa, o fotografo laranjeirense Aquiles Castro, no Centro de Tradições de Laranjeiras.  O Circuito Beneficente de Artes da Palco dos Sonhos recebeu uma média de 80 visitas diárias durante o período em que esteve na cidade.

Os estudantes do Centro Educacional São José participaram da exposição itinerante e se entusiasmaram com o que viram. O diretor da Palco dos Sonhos e idealizador do projeto, Luca Pynero salientou a importância do evento e de ver crianças admirando as artes.

“Nos despedimos de Laranjeiras com imensa gratidão no coração, fomos abraçados pela cidade e seus moradores. O Apoio da prefeitura do município e da imprensa foi indispensável para o sucesso deste evento que tem o objetivo de unir arte e solidariedade. Fiquei emocionado de ver as crianças do Centro Educacional São José, com o olhar de encantamento pelas obras, afinal de contas elas são o nosso futuro”, contou emocionado o diretor da palco dos Sonhos.

O evento contou com o apoio da Prefeitura de Laranjeiras, através do prefeito Juca de Bala, do Vice-Prefeito Jânio Dias, do Secretário de Turismo e Cultura Plácido Lyra e do Secretário Adjunto Leomax Célio e da Funcap. Maurina, a Secretaria de Educação, contribuiu para o acesso às escolas, que foi fundamental para o sucesso da exposição.

A próxima cidade a receber o Circuito Beneficente de Artes da Palco dos Sonhos será a capital, Aracaju, a partir do dia 02 de dezembro, no Centro Cultural de Aracaju, que fica localizado na Praça General Valadão. O evento conta com o apoio do Centro Cultural de Aracaju, da Funcaju, da Prefeitura de Aracaju e da Funcap. Além de apreciar as obras de artes magnificas você ainda pode comprar os quadros, parte desta verba será destinado as instituições e comunidades quilombolas escolhidas pelos artistas plásticos que compõem o Circuito. A entrada é um kilo de alimento não perecível que também será doado para essas instituições.

Da assessoria

Foto: Aquiles Castro

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Arquiteta fala sobre mudanças nos lares durante a pandemia
Inscritos no Enem fazem neste domingo segundo dia de provas
Covid-19: Aracaju vacinou 17.398 mil pessoas nesta semana
Vice-governadora conhece serviços da Casa Mulher em Itabaianinha