Aracaju, 16 de janeiro de 2022

FSF participa de curso de psicologia da arbitragem em SP

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Profissionais da área de psicologia e da arbitragem estão reunidos na cidade de Águas de Lindoia em São Paulo em mais um Encontro Nacional dos Psicólogos da Arbitragem Brasileira. O evento teve início na terça-feira e segue até o domingo (28/11). A Federação Sergipana de Futebol (FSF) está participando do curso com a presença da psicóloga, Anne Patrícia Prado.

O grande  objetivo do encontro é construir as diretrizes da psicologia na arbitragem de futebol. O evento está envolvendo discussões sobre as contribuições da psicologia para o esporte e seu papel nas escolas de formação. Além de habilidades psicológicas trabalhadas com o árbitro e a padronização nos treinamentos e diferenças regionais.

A Psicóloga Anne Patrícia Prado da FSF destacou a importância do curso para a arbitragem brasileira. “É um curso imerso em que são trabalhados os diversos pilares fundamentais da Arbitragem da CBF. A FSF deu início a esse trabalho em 2018 justamente com os árbitros sergipanos. Estamos aqui em São Paulo para aprofundar o perfil psicológico tão fundamental para o crescimento de cada nos aspectos pessoal e profissional. Agradeço ao presidente da FSF, Milton Dantas e ao presidente da Comissão Estadual de Arbitragem, Edmo Oliveira pela oportunidade de buscar mais conhecimentos na área”. Finalizou, Anne Patrícia.

Além do Departamento Psicológico em São Paulo estão os árbitros filiados FSF e do quadro da CBF, Eloane Gonçalves Santos e Jackson Ribeiro de Souza Sobrinho, selecionados para o Programa de Renovação da Arbitragem Brasileira.

Fonte e foto FSF

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

FSF realiza testagem em clubes e seis atletas do Maruinense e cinco do Falcon testam positivo para Covid-19
Sergipe vence Falcon na abertura do Sergipão X1bet
Projeto da Elese estimula abertura de escolas do legislativo no interior
Covid-19: Brasil tem 22,9 milhões de casos e 620,9 mil mortes