Aracaju, 19 de janeiro de 2022

Associação Mulheres promove ato para chamar atenção do MPE sobre negativas de cintilografias

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Associação Mulheres de Peito promoveu, nesta terça-feira (30), um ato no Ministério Público de Sergipe – MPE/SE com o intuito de cobrar uma solução para as constantes negativas de cintilografias para pacientes oncológicos pela Secretaria Municipal de Saúde. Na oportunidade, foi protocolado um pedido de reunião com o promotor responsável pela área com a participação da secretária.

“É um exame essencial para a detecção de metástase que precisa ser feito trimestralmente e quem tem que dizer isso é o médico e não a secretaria de Saúde. Por isso protocolamos este pedido no MPE de que será marcada uma reunião com a secretaria para que tome uma providência urgente quanto a isso”, detalhou a vice-presidente da Associação, Sheyla Galba.

Ao protocolar o documento, o MPE/SE garantiu que será marcada uma reunião com a secretaria. “E assim que tiver o resultado entra em contato com as Mulheres de Peito. Seguiremos lutando até que este problema seja resolvido, porque a vida vale à pena e essas mulheres precisam fazer a cintilografia com urgência”, salientou Sheyla Galba.

A ação contou com a presença de pacientes com câncer que estão com o exame negado. “A Secretaria de Saúde está dificultando. No início do ano eu consegui fazer, mas depois eu dei entrada novamente e já não estou conseguindo. Todas as vezes que tentei foram negadas. Pediram o relatório médico, eu entreguei, porém não foi liberada. A justificativa é de que só pode ser liberada uma cintilografia por ano. Mesmo com o pedido médico esse é o critério. Ou seja, há a necessidade, mas a secretaria não quer liberar”,  Relatou a paciente Eliana Nascimento.

Fonte e foto Associação Mulheres de Peito

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Operação policial para combater os jogos de azar termina com a prisão de 20 pessoas no município de Itabaiana nesta quarta
Universidade Federal vai exigir comprovante de vacinação para comunidade acadêmica
Prefeito de Salgado lamenta fechamento de fábrica e garante lutar por mais empregos
E-mail com alerta sobre pesquisa de intenção de voto para 2022 é falso, diz MPF/SE