Aracaju, 24 de janeiro de 2022

Luiz Alberto Moura Araujo é empossado no cargo de Procurador de Justiça no MP de Sergipe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

“Tudo tem o seu tempo determinando, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu”. Foi com essa frase que o Procurador de Justiça Luiz Alberto Moura Araujo iniciou o discurso durante a sua posse em sessão extraordinária solene no Colégio de Procuradores de Justiça (CPJ), realizada no dia 25. Após mais de três décadas atuando como Promotor de Justiça, ele foi promovido ao cargo de Procurador de Justiça.

O novel Procurador de Justiça foi conduzido ao plenário pelo Procurador-Geral de Justiça, Manoel Cabral Machado Neto, pelo Corregedor-Geral, Eduardo Barreto d’Avila Fontes, e pelo filho Luiz Alberto Moura Araujo Filho. Após o juramento de praxe, o Secretário do CPJ, o Procurador de Justiça Jorge Murilo Seixas de Santana, fez a leitura do termo de posse solene que foi assinado pelo membro, que logo em seguida, foi empossado pelo Procurador-Geral de Justiça. Na sequência, o novo Procurador de Justiça recebeu das mãos do PGJ, o Colar do Mérito Tobias Barreto, conferido através do ato nº 04/89 do Colégio de Procuradores de Justiça.

O Promotor de Justiça Gilton Feitosa Conceição, designado pelo Presidente da Associação Sergipana do Ministério Público (ASMP), falou em nome dos membros do MPSE. “Temos certeza que com sua vasta experiência e reconhecidas qualidades morais e intelectuais, desempenhará com segurança e eficiência, as atribuições do distinto e elevado cargo que passa a ocupar na Instituição”, disse.

O Corregedor-Geral, Eduardo Barreto d’Avila Fontes, fez a saudação em nome do Colegiado e destacou pontos da carreira do colega. “A fama do Dr. Luiz Alberto como um dos maiores tribunos existentes já corria campo e eu, como neófito nas hostes do Ministério Público, passei a presenciar verdadeiras aulas de pós-graduação, logo buscando repetir os profundos ensinamentos do mestre. De tão encantado com as atuações do Dr. Luiz Alberto no Júri, busquei trilhar caminhos semelhantes. Estou feliz e muito honrado em ter a oportunidade de te saudar neste momento singular”, enfatizou.

Ao lembrar da trajetória profissional e das histórias e pessoas marcantes ao longo dela, o novo Procurador de Justiça repetiu, por algumas vezes, a frase: “há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou”. E externou: “agora, e finalmente, 37 anos depois do meu ingresso na instituição, é tempo e hora de atingir o mais alto posto da carreira. Ser Procurador de Justiça do Ministério Público de Sergipe importa dizer que passo a integrar um grupo seleto de mulheres e homens de bem, cultos e preparados, forjados na labuta diária, promotores de projetos de lei, atos e resoluções que visam aprimorar e modernizar a administração da instituição, assim como, de bem procurar e distribuir justiça através dos seus ilustrados e aplaudidos pareceres, cotas e manifestações processuais”, destacou o membro.

E ao agradecer a acolhida dos seus pares, Luiz Alberto reforçou: “estou em casa. Estou entre amigos, pessoas que, tendo chegado ao topo da carreira, como já visto, me recebem de braços abertos e dispostos a contribuírem para o meu aperfeiçoamento jurídico e pessoal, numa convivência que haverá de ser harmoniosa e saudável, pois é própria e conhecida a elegância com que todos eles recebem os mais novos integrantes do Colégio”.

No encerramento da sessão solene, o PGJ Manoel Cabral Machado Neto desejou sucesso ao novo integrante do Colegiado. “Dr. Luiz Alberto, que Deus o abençoe e conceda muito êxito e ainda mais brilho nessa continuidade da sua carreira. Presenciamos um longo e belo discurso. Lembrando sempre o que meu avô dizia: ‘devemos estar preparados para ouvir aqueles que têm o que dizer’. E Vossa Excelência tem o que dizer. Curta esse momento, pois felicidade verdadeira é aquela que é partilhada”, ressaltou.

Mesa de honra

Fizeram parte da mesa de honra da posse: o Procurador-Geral do Estado, Vinícius Thiago Soares de Oliveira, representando o Governador; a Deputada Estadual Maria Mendonça, representando a Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese); e a Desembargadora Ana Lúcia Freire de Almeida dos Anjos, Presidente em Exercício do Tribunal de Justiça de Sergipe. Na mesa por extensão estavam a Prefeita do Município de Pedrinhas, cidade natal do empossado, France de Domingos; e o Presidente da ASMP, o Promotor de Justiça João Rodrigues Neto.

Agradecimentos

O Ministério Público de Sergipe agradece a todos que acompanharam a transmissão da solenidade por meio do canal institucional no YouTube: membros e servidores da Casa, familiares do empossado, membros e servidores do Poder Judiciário, do Tribunal de Contas do Estado, Defensores Públicos, Advogados, Procuradores de Autarquias e Fundações, representantes de Associações e Entidades de Classe, demais autoridades Civis, Militares e Eclesiásticas, e toda a imprensa sergipana.

Ministério Público de Sergipe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Secretaria de Saúde Aracaju se prepara para vacinar crianças de 6 anos ou mais com CoronaVac
Zezinho Sobral debate ações para avançar empreendedorismo
Cursos oferecidos são de diversas áreas do conhecimento 
Covid-19 deixa o Sergipe sem time para jogar na quarta-feira após registrar 16 casos  no elenco