Aracaju, 19 de janeiro de 2022

Transparência do município de Capela obtém nota máxima em avaliação do TCE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Tribunal de Contas de Sergipe (TCE-SE) divulgou na última segunda-feira, 29, os resultados da fiscalização e avaliação realizada nos portais da transparência das prefeituras e câmaras municipais sergipanas referentes ao ano de 2021.

Entre os municípios avaliados, apenas dois atingiram nota máxima na avaliação da Corte, entre eles está Capela, cidade localizada a 74km de Aracaju.

De acordo com a prefeita do município, Silvany Mamlak, o resultado é fruto de um árduo trabalho, realizado pela gestão municipal de forma continuada, que devolveu a credibilidade do município perante os órgãos de controle.

“Capela já viveu um momento conturbado e uma das missões que assumi foi devolver a credibilidade do município junto aos órgãos de controle e às bancadas de nosso Estado. E um desses passos importantes é dar transparência aos processos realizados pelo município”, explicou Silvany.

Ainda segundo Silvany, Capela vive hoje um novo tempo. “Capela hoje paga o servidor de forma antecipada, a partir do dia 20. Valoriza a transparência e mantém diálogo constante com órgãos de controle e com a imprensa, realiza obras com recursos próprios e recursos federais e os resultados desses recursos podem ser vistos na cidade e nos povoados”, ressaltou.

A avaliação do TCE é realizada anualmente. Ano passado, Capela também estava entre os municípios mais bem avaliados. Para acessar a avaliação dos municípios, acesse tce.se.gov.br.

Da Ascom/PMC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Operação policial para combater os jogos de azar termina com a prisão de 20 pessoas no município de Itabaiana nesta quarta
Universidade Federal vai exigir comprovante de vacinação para comunidade acadêmica
Prefeito de Salgado lamenta fechamento de fábrica e garante lutar por mais empregos
E-mail com alerta sobre pesquisa de intenção de voto para 2022 é falso, diz MPF/SE