Aracaju, 27 de janeiro de 2022

Posição política do PL agora

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Diógenes Brayner[email protected]

O ex-prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PL), terá hoje reunião reservada com o presidente nacional do partido, Waldemar da Costa Neto. Vai aproveitar para um diálogo amplo sobre a sigla em Sergipe, principalmente em relação às composições políticas para as eleições do próximo ano. Valmir pretende disputar mandato, mas ainda não se definiu exatamente sobre qual. O seu trabalho no Estado demonstra que tem interesse em participar de uma chapa majoritária, seja para o Senado, vice-governador ou governador, embora não haja uma definição por parte dele ou da legenda em relação ao que deseja realmente disputar.

Pessoalmente, Valmir de Francisquinho acha que está cedo para uma definição e, de alguma forma, circula bem junto a várias tendências políticas. Atualmente o seu grupo político na cidade de Itabaiana, no agreste sergipano, conversa muito com o senador Rogério Carvalho, pré-candidato a governador pelo PT. Entretanto, deixa claro que se o conselheiro Ulices Andrade optar por disputar as eleições a governador, indicado pela base aliada ao Governo, Valmir não hesitará em acompanhá-lo sem duas conversas. Agora, com a possibilidade do PL não se vincular a partidos de esquerda, as conversas com o PT voltam à estaca zero.

O encontro com Waldemar será importante para uma definição do PL em Sergipe, que tem como presidente regional o empresário Edvan Amorim, expert na formação de composição no momento exato, com a obtenção de bons resultados. Amorim está em silêncio, mas age para acomodar seu partido, exatamente ao lado de Francisquinho, que deseja expor na reunião de hoje um pedido para que a formação de blocos políticos nos Estados seja feita dentro das condições políticas de cada um, independente que seja de direita ou esquerda. O problema de Bolsonaro que adiou sua filiação ao PL no dia 22 passado, foi provocado por atitudes avessas ao presidente, que estariam sendo adotadas em São Paulo.

Entretanto, circula informações de que o presidente Bolsonaro quer candidaturas próprias aos Governos em todos os Estados, lançadas por partidos que lhe dão apoio político. Em Sergipe tem agora o PL, o Progressista, o PTB, o Patriota, o Republicanos e outras legendas menores. Se a orientação é fazer uma composição ampla com todos os partidos vinculados ao presidente, como vai ficar o PL? A pergunta carece de resposta em conjunto de todas as siglas próximas ao Planalto.

Voto de Rogério

Virilizou, ontem, na redes e grupos o voto do senador Rogério Carvalho (PT) no orçamento secreto. A maioria estranhando e pedindo explicações.

*** O próprio PT se manifestou: “A orientação do Partido dos Trabalhadores foi de obstrução e voto contrário ao orçamento secreto”.

*** E concluiu: “A posição do senador Rogério é de caráter pessoal, pela qual deve se manifestar”.

Rogério se explica

O senador Rogério Carvalho justifica: “propus a extinção das emendas de relator antes mesmo da votação de segunda-feira, no Orçamento de 2021”.

*** E mais: – Mantenho esta minha posição com uma emenda à PEC 23. E no próximo ano apresentarei outra proposição para acabar com a RP9, disse.

*** E conclui: “O que fizemos foi preservar a autonomia do Congresso Nacional”.

Não foi aceita

A justificativa de Rogério não foi aceita por políticos de Sergipe e os comentários foram variados, porque ele é uma liderança expressiva do PT no Estado e pré-candidato a governador em 2022.

*** O influenciador digital Felipe Neto disse no twitter, pedindo desculpas, que a justificativa do senador “foi puro e simples republicanismo” e sugeriu que ele “deveria pedir perdão pelo voto e lutar para corrigi-lo”.

Pesquisas da base

A base aliada ao Governo, que indicará o pré-candidato a governador, já tem resultado de pesquisa para consumo interno sobre os prováveis candidatos.

*** Os números não foram revelados, mas informações não confirmadas dizem que eles estão expondo as previsões que ocorrem nas especulações.

*** Outras pesquisas serão realizadas, mas a primeira reunião acontecerá neste mês de dezembro. Já a escolha será no próximo ano.

Mantém silêncio

O governador Belivaldo Chagas se mantém em absoluto silêncio sobre a indicação do candidato da base, revelando apenas o que for possível em termos de reunião para iniciar o processo.

*** Há informações que algumas conversas correm nos bastidores, mas nada que ultrapassem os limites internos do bloco. Mitidieri e Edvaldo são os mais cotados na visão da maioria.

Samuel sugere Luciano

O deputado estadual Capitão Samuel analisa a política majoritária para 2022 e expõe a sua visão sobre uma composição de chapa para disputar as eleições.

*** – Não tenho duvida que o melhor nome, o que mais agrega políticos do Estado todo e arrasta metade do agreste chama-se deputado Luciano Bispo, diz.

E conclui: “Itabaiana gritando forte na política 2022”.

Ação sobre mandato

A presidente do Podemos, Daniele Garcia, explica que o autor da ação sobre o mandato na Alese, que fora ocupado pela deputada Gracinha Garcez, é o partido (coletivo e não individual) e foi manejada com base na lei, e não em paixões.

*** Segundo Daniele, “não é ação ‘contra as mulheres’, isso além de fake news, é de uma maldade sem tamanho”.

*** – Mas compreendo o receio que existe no meio político de que eu tenha um mandato, por isso essa campanha inescrupulosa e difamatória, disse Daniele.

Proíbe reveillon

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), suspendeu as festas de Réveillon 2022 em função do avanço da nova variante de Covid-19, Ômicron.

*** – Nós avançamos muito no enfrentamento da doença e não podemos arriscar um retrocesso neste combate, disse.

Em Aracaju também

Em Aracaju o prefeito Edvaldo Nogueira também suspende o reveillon que estava programado para a praia de Atalaia dia 31 de dezembro.

*** Foi correto em razão da variante Ômicron que ainda não se tem certeza de sua força e o que pode se expandir e provocar novos problemas na Capital.

*** Entretanto, tem reveillon programado por empresas que vai reunir milhares de pessoas. Também deve ser proibido, pois os ricos são vulneráveis ao vírus e espalham a covid da mesma forma que os pobres.

Suspende carnaval

O governador Camilo Santana, do Ceará, determinou ontem o cancelamento do Edital do carnaval 2022, da Secult.

*** – Definitivamente não é momento de programar essas festas. Acompanhamos, com preocupação, o avanço da nova variante do coronavírus pelo mundo.

Comitê reúne-se amanhã

O Comitê Técnico e Científico que avalia e controla a pandemia em Sergipe vai se reunir amanhã com o governador Belivaldo Chagas.

*** Tratará sobre a variante Ômicron e fará análise sobre a situação da Covid no Estado.

*** Apesar do controle da Covid em Sergipe, o governador Belivaldo Chagas também pode sustar festas de reveillon no Estado e suspender a realização do carnaval.

Reunião com Márcio

O vice-presidente nacional do PT, Márcio Macedo, viajou ao Rio de Janeiro para tratar de agenda vinculada ao seu partido. Márcio cumpre a tarefa de organizar a pré-campanha de Lula a presidente.

*** Na próxima sexta-feira Marcio Macedo terá uma conversa com o presidente regional do PT, João Daniel, sobre sua candidatura a deputado federal pelo partido.

PT e Psol conversam

Já teve início um ‘flerte’ entre o PT e o Psol em Sergipe, mesmo que a sigla presidida pelo advogado Henri Clay tenha projeto para lançamento de candidatura própria ao Governo.

*** As conversas serão mantidas e o “final feliz” pode se dar caso o PT aceite sugestão do Psol em ter participação na chapa majoritária.

Na filiação de Bolsonaro

O PL de Sergipe esteve ontem na filiação do presidente Bolsonaro ao partido, que durou apenas duas horas. Não houve conversa, mas os liberais sergipanos estão firmes no partido.

*** Estavam lá os deputados federais Bosco Costa e Valdevan Noventa, prefeito de Itabaiana, Adailton Resende Souza, ex-prefeito Valmir de Francisquinho, deputados estaduais Zezinho Guimarães e Talysson de Valmir, e o presidente do PL em Sergipe, Edvan Amorim.

Canal de Xingó

Segundo anuncia o deputado federal Bosco Costa, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, assina hoje a licitação da construção do primeiro trecho do Canal de Xingó.

*** Há anos que o Canal de Xingó está parado, desde o Governo Lula, que não iniciou a construção por birra com o ex-governador João Alves Filho.

Giro nas redes sociais

O Antagonista – O general que chefia o Gabinete de Segurança Institucional participou da filiação de Bolsonaro ao PL, mas não quis soltar a voz desta vez.

Revista Fórum – Armínio Fraga se oferece para ser ministro da Fazenda sem saber quem será o presidente.

TV Cultura – Sem menção direta a Sergio Moro, o senador Flávio Bolsonaro atacou o ex-aliado de seu pai durante discurso na cerimônia de filiações ao PL.

Metrópole – Ex-presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, teve prisão decretada por dever R$ 50 mil mensal de pensão ao filho de 21 anos.

Revista Crusoé – Ministro João Roma prevê uma aliança entre PL, Progressistas e Republicanos em 2022.

Balaio de Gato – A Lava-Jato foi a melhor coisa que aconteceu na política nacional depois do Plano Real. Qualquer um que negue isso é fã de corrupto, de peixe grande.

Benedita Rodrigues – Ex-presidente Lula culpa Lava Jato pelo preço da gasolina e diz que operação destruiu a indústria.

Revista Fórum – Lula da Silva ao Grupo de Puebla: “O novo normal é a gente brigar pela sobrevivência outra vez”;

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Famílias da zona rural recebem subsídio pra comprar imóveis, Em Sergipe, foram 8 contratos que somaram R$ 627 mil
Secretaria de Estado da Saúde recebe 48.550 doses de vacinas contra a Covid-19 nesta quinta
Aracaju recebe 21 mil testes rápidos enviados pelo Ministério da Saúde a pedido da FNP
Campanha de combate à Hanseníase oferece exames à população no Hospital Universitário