Aracaju, 25 de janeiro de 2022

PMA anuncia Festival Pôr do Som com 9 atrações na Orla Pôr do Sol

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Distribuindo produções culturais com o selo da arte aracajuana por toda a cidade, executando a política de descentralizar o acesso à cultura e permitindo que comunidades de eixos mais extremos da capital também possam consumir e contemplar o melhor da cultura local, a Prefeitura de Aracaju, por intermédio da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), está promovendo o I Festival Pôr do Som, na Orla Pôr do Sol Jornalista Cleomar Brandi, no bairro Mosqueiro.

O Festival reunirá nove atrações musicais nos próximos três finais de semana, configurando uma programação até o dia 18 de dezembro, com acesso gratuito. A estreia será já nesta sexta-feira, dia 3, com shows de Odir Caius e Sergival.

As apresentações serão em um minitrio, no próprio calçadão da Orla Pôr do Sol, abraçando a comunidade do Mosqueiro e bairros vizinhos, turistas e demais visitantes de um dos principais cartões-postais da capital sergipana.

Entusiasta do Festival, o presidente da Funcaju, Luciano Correia, vê o evento como uma espécie de virada cultural para a Orla Pôr do Sol. “É um resgate de uma dívida que não só a cultura aracajuana tem, mas que a própria Prefeitura começa a pagar com o Mosqueiro, que era povoado até um dia desse. Hoje o local está sendo beneficiado com diversas obras e a Funcaju, portanto, faz sua parte levando o começo de uma virada cultural nesse, hoje, bairro que precisa ter ofertas de produtos culturais”, destaca.

O Festival acontecerá nos dias 3 e 4, 10 e 11, e 17 e 18 de dezembro, reunindo atrações como Rayra Mayara, Samba de Moça Só, Jeanny Lins e Forró Sonho Real, Meu Samba, Zanny a Musa, Mayko Santos, Banda Mina Menina, Sergival, Odir Caius e a Quadrilha Junina Século XX. As apresentações ocorrerão de forma simultânea com o pôr do sol, momento mais privilegiado do espaço turístico.

Para Luciano, a realização do Festival na alta estação consolida ainda mais a Orla Pôr do Som como cartão-postal e atrativo turístico. “Além de ser um dos lugares mais bonitos da nossa cidade, a Orla é um ponto de partida para a Crôa do Goré, que é um dos destinos mais visitados. A cultura agora se soma a um dos grandes pontos turísticos de Sergipe. O Festival é o resgate desse nosso compromisso com o Mosqueiro”, pontua o gestor da pasta cultural do Município.

Embora o Festival tenha acesso gratuito, será necessário cumprir medidas sanitárias para evitar o contágio pelo coronavírus. Para isso, será exigido o uso de máscara durante as apresentações e não serão permitidas aglomerações, devendo o público manter distanciamento físico.

Programação

Festival Pôr do Som – Orla Pôr do Sol

Sexta-feira, 3

16h – Música – Odir Caius

17h – Música – Sergival

Sábado, 4

17h – Música – Banda Mina Menina – Canta as coisas do Sertão Juarina Alves

Sexta-feira, 10

17h – Música – Mayko Santos – Aka Bumpz

Sábado, 11

17h – Música – Zanny A Musa

18h – Quadrilha Junina – Século XX 1

Sexta-feira, 17

17h – Música – Meu Samba – André Luiz Santos de Andrade

19h – Música – Jeanny Lins e Forró Sonho Real

Sábado, 18

17h – Música – Rayra Mayara apresenta: Assimevia

Felipe Goettenauer/PMA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Rodrigo aconselha: ‘Você tem que dosar o que você fala’. Brother conversa com Natália
Bárbara, Brunna Gonçalves, Laís e Rodrigo especulam sobre Jogo da Discórdia
Douglas Silva convida Luciano, Naiara Azevedo e Natália para o Cinema do Líder
Homem suspeito de vazar vídeo íntimo de Natália, do BBB22, nega crime