Aracaju, 28 de janeiro de 2022

Aracaju é o sexto município brasileiro a receber o Espaço Recriar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Aracaju é o 6º município brasileiro contemplado com o Projeto Arte, Cultura e Sustentabilidade, realizado a partir de uma parceria entre o Grupo Boticário, Yabá Consultoria e Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed). A Emef Orlando Dantas foi uma das 15 escolas de todo o país escolhidas para receber o espaço Recriar.
Trata-se de um grande espaço imersivo de fomento à educação, em formato de cubo, com 30 m² construído com cerca de 2,2 toneladas de plástico reciclável e que conta ainda com mobília interna feita a partir de materiais sustentáveis. Tudo foi entregue pronto para uso e sem nenhum custo para o Município.
A entrega do espaço foi realizada na manhã deste sábado, 4, e contou com a presença da secretária municipal da Educação, Cecília Leite; da diretora da escola, Soray Dantas; da arquiteta do grupo boticário, Natália Rzniski e do engenheiro responsável pela montagem do espaço, Saul Luchtemberg.
A secretária Cecília Leite destaca a importância de a capital sergipana estar entre os 15 municípios do país contemplados com o projeto. “Quando as crianças aprendem na escola a importância do cuidado com a preservação dos nossos recursos naturais, levam isso para casa, para sua comunidade, multiplicam e colocam em prática. Quando a gente trabalha o meio ambiente e a sustentabilidade como proposta pedagógica do dia, o mundo muda”, frisa a sercratária.
Para a diretora Soray Dantas o espaço será uma ferramenta essencial para que os alunos da escola compreendem a importância da preservação dos recursos naturais.  “Era um espaço ocioso, que agora está tão bonito e será utilizado para trabalhar a sustentabilidade com nossos alunos. Essa compreensão se dará, também, por meio da arte, da cultura. Estou muito feliz e ansiosa para que, em 2022, a gente comece as ações pedagógicas nesse espaço, vislumbrando a questão da preservação dos recursos naturais”, pontua Soray.
De acordo com a arquiteta do Grupo Boticário, o projeto – apelidado  carinhosamente de ‘escolinhas sustentáveis’ – foi desenvolvido com muito amor pelo time de arquitetura do Boticário.
“O grande objetivo do projeto é estimular as crianças, desde os primeiros anos, a cuidar do meio ambiente, pensar na reciclagem do lixo e na sustentabilidade. As paredes e o teto do espaço foram construídos com 2 toneladas de lixo que vieram do projeto Boti Recicla e os móveis foram feitos com embalagens de shampoo e pasta de dente reciclados . É um projeto muito especial, desenvolvido com muito amor e esperamos que as crianças sejam muito felizes aqui”, destaca Natália.
O espaço, que irá proporcionar aos estudantes novas experiências utilizando brincadeiras, jogos e tecnologia para despertar a busca por temos relacionados com a sustentabilidade, ficou ainda mais bonito com o projeto paisagístico em seu redor, realizado por meio de uma ação da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb). Após a capinagem do local, foram instaladas placas de grama e plantas que deram ainda mais beeleza ao Espaço.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Comitê volta a se reunir segunda-feira e adotará medidas rígidas para evitar aumento da Covid
Katarina pode ser a surpresa da eleição disputando uma vaga para Federal
Famílias da zona rural recebem subsídio pra comprar imóveis, Em Sergipe, foram 8 contratos que somaram R$ 627 mil
Secretaria de Estado da Saúde recebe 48.550 doses de vacinas contra a Covid-19 nesta quinta