Aracaju, 21 de janeiro de 2022

BNB e Fecomércio firmam acordo para alavancar comércio e serviços no estado de Sergipe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Banco do Nordeste e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe (Fecomércio) firmaram acordo de cooperação técnica nesta segunda-feira (6). O objetivo da parceria é promover o crescimento dos setores de comércio e serviços, por meio do acesso às linhas de crédito do BNB. A assinatura foi realizada no auditório da superintendência estadual do Banco do Nordeste, em Aracaju.

O contrato prevê uma agenda de ações entre as duas instituições, com destaque para a oferta de crédito com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). As empresas associadas à Fecomércio terão acesso a recursos para investimento, construção, ampliação e capital de giro, entre outros produtos do BNB.

Também está previsto o apoio à realização de feiras, eventos e outras ações para divulgar soluções financeiras voltadas às micro e pequenas empresas. Serão promovidas também ações de capacitação e assessoria técnica para o desenvolvimento dos setores de comércio e serviços.

“A assinatura do acordo de cooperação reforça a parceria que o Banco do Nordeste mantém com as empresas de Sergipe, com objetivo de ampliar a capacidade produtiva e a modernização dos empreendimentos comerciais e de prestação de serviços. Esperamos estar ainda mais próximos do empresariado, na oferta de serviços e produtos financeiros, para fazer a roda da economia girar, gerando mais renda e emprego para a população de Sergipe”, disse o superintendente estadual do BNB, César Santana.

De acordo com o presidente da Fecomércio, Laércio Oliveira, o perfil das duas instituições traz expectativa de grande sucesso para a parceria. “Nada melhor do que celebrar um convênio como este, com uma instituição de muita credibilidade como o Banco do Nordeste, que tem um histórico de parceria com o setor produtivo e encontra na Fecomércio um guarda-chuva com sindicatos das mais diversas atividades. Esse é o ambiente perfeito para que um convênio aconteça”, explicou.

Comércio e serviços

Com recursos do FNE, o Banco do Nordeste aplicou R$ 237,9 milhões em empresas de comércio e serviços, de janeiro a novembro, em Sergipe. Segundo o Ministério da Economia, os dois setores registram o melhor desempenho no mercado de trabalho do estado, nos sete primeiros meses do ano. Neste período, ambos respondem por 91% dos postos de trabalho abertos com carteira assinada, além de terem contratado mais do que demitido: saldo de 2.037 empregos no comércio e de 1.483 empregos no setor de serviços.

Fonte e foto BNB

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Flash Político: Mitidieri disputa Governo e admite que perto da decisão haja inquietação
Confira programação e horário de testagem nas UBSs e bairros de Aracaju
E-commerce do Supertem se consolida como líder no mercado sergipano
Gestores sergipanos têm até 30 de janeiro para enviar informações ao TCE