Aracaju, 29 de janeiro de 2022

Mesa Diretora: vereadora é contra a antecipação das eleições na Câmara de vereadores de Aracaju

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Em discurso acalorado, a vereadora Emília Corrêa (Patriota), pontuou alguns motivos pelos quais é contrária à antecipação e, afirmou, que é autora da Emenda Substitutiva, nº 1/2021, que determinada uma data específica para ocorrer as eleições da Mesa Diretora no Legislativo Municipal. Da forma que está, atualmente (prevista para acontecer até dezembro de 2022), a parlamentar avalia que está em “aberto”.

“Não sei o porque que os parlamentos precisam desse tempo de antecipação para a escolha do presidente da Casa. Com embasamento nas leis, para todos os tipos de eleições, existem datas determinadas. Será que alguém consegue protocolar uma emenda para antecipar uma eleição para vereador(a)?”, questionou Emília.

De acordo com a líder da oposição, que salientou ter votado favorável em 1ª discussão, tendo em vista que seria uma oportunidade para debater e propor emendas, mesmo a 2ª votação não ter ocorrido, é preciso colocar ordem na CMA. “Tentar resolver uma eleição do jeito que quer, na hora que quer, revela muita coisa. Isso é brincar com a inteligência das pessoas.

Muitos políticos falam em ‘golpes’. Em determinado momento, da maneira que está, pode ser considerado um golpe. E, olhe, que não estou aqui defendendo candidato “A” ou “B” até porque nem tomei uma posição sobre isso. Essa Casa tem que ter ordem. Foi com essa finalidade que propus a emenda”, declarou.

Foto Gilton Rosas

Por Andrea Lima

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Lula recebe Rogério e diz que terá apenas um palanque em Sergipe e esse palanque será do PT
Estância: reforma do estádio Francão está sem previsão para começar
TJSE restringe atividades presenciais com rodízio de 50% dos servidores até 06 de março
Dia da Visibilidade Trans marca ações da mandata de Linda Brasil