Aracaju, 20 de janeiro de 2022

COB indica Aracaju como sede dos Jogos da Juventude em 2022

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou a cidade de Aracaju como sede dos Jogos da Juventude de 2022. O anúncio foi feito pessoalmente pelo presidente do COB, Paulo Wanderley Teixeira, na terça-feira, 7, durante a programação de entrega do Prêmio Brasil Olímpico 2021, realizado no Teatro Tobias Barreto, em Aracaju.

Contanto com a presença dos melhores atletas do país, a notícia deixou o público presente eufórico, com a possibilidade de a cidade de Aracaju receber o maior evento esportivo escolar do Brasil, competição que reúne em média mais de 5 mil pessoas, entre atletas, técnicos, dirigentes e oficiais. A última edição dos JEVs, aconteceu em novembro de 2019, em Blumenau-SC.

Ele revelou as cidades-sede dos Jogos da Juventude nos dois próximos anos. Aracaju (SE) receberá o evento em 2022 e Ribeirão Preto (SP), em 2023. Com o avanço da pandemia e a disseminação de novas cepas, o COB cancelou a edição de 2021. A maior competição de base do país para jovens entre 15 e 17 anos de idade, que, ao longo de suas 15 edições, ajudou a revelar grandes atletas e formar cidadãos, voltará a acontecer no ano que vem.

Anualmente, os Jogos da Juventude reúnem mais de 4.500 jovens atletas, de até 17 anos de idade, de escolas públicas e privadas de todo o território nacional. O principal objetivo da competição é oferecer suporte para as modalidades olímpicas, com ações que visam à formação de atletas jovens e profissionais do esporte. Ao todo, 16 modalidades integram o programa dos Jogos da Juventude: atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, ginástica artística feminina, ginástica artística masculina, handebol, judô, natação, tae-kwon-do, tênis de mesa, voleibol, vôlei de praia e wrestling.

“Esse é um momento inédito e histórico para o esporte sergipano. Receber os Jogos da Juventude é o coroamento de um trabalho sério, incansável e com objetivos em prol do desenvolvimento do esporte sergipano. Nosso agradecimento ao COB, que acreditou no nosso trabalho. É a maior competição esportiva do Brasil para idade escolar. Foi uma conquista importante, resultante de muita conversa, muita articulação entre o Governo de Sergipe e o COB. E hoje recebemos essa notícia, em pleno Prêmio Brasil Olímpico. Então, é muito importante para nossa história”, comemorou Mariana Dantas.

A superintendente ainda mandou um recado direto e especial aos jovens atletas sergipanos. “Vocês, atletas, tratem de treinar, porque a disputa vai ser aqui em nossa terra”.

Assessoria de Comunicação da SEDUC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Motorista de aplicativo é encontrado preso em porta-malas de veículo abandonado em Aracaju
Aumento de vazão do Rio São Francisco: MPF aciona a Chesf para a proteção de ribeirinhos
Samuel afirma que não tem conhecimento sobre investigação e diz: “não sou homofóbico”
Ex-BBB Gui Napolitano confirma affair com Emilly Araújo: “Gente boa”