Aracaju, 22 de janeiro de 2022

7ª edição da Cantata de Natal será apresentada na próxima quinta, 16

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A tradicional Cantata de Natal, espetáculo de fim de ano promovido pela Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe (Alese), acontecerá na próxima quinta-feira, 16, a partir das 19h, na Praça Fausto Cardoso da capital sergipana. A programação está diversificada com apresentações da Orquestra Jovem de Sergipe, corais Corales e Advocanto, Cia de Arte Alese e Banda Musical Nossa Senhora da Conceição de Itabaiana, além de convidados.

O evento que ocorre desde 2015, envolve mais de 50 servidores, da concepção do projeto até os artistas que se apresentam na noite do espetáculo. “É uma festa bonita, com a presença de tanta gente, de quem frequenta o comércio e o calçadão, de quem está saindo do trabalho. A Cantata é uma conquista de todos os deputados e é uma forma de desejarmos um Feliz Natal ao povo que representamos”, comemora o presidente da Casa Legislativa, deputado estadual Luciano Bispo.

A programação inicia com a Orquestra Jovem de Sergipe (OJS), projeto social do Instituto Banese, convidado para tocar repertório especial em celebração a passagem de fim de ano. Os músicos são formados por meninos e meninas do bairro Santa Maria, em Aracaju, e já colecionam importantes apresentações com artistas sergipanos e nacionais, a exemplo de João Ventura e Erasmo Carlos.

Sob a regência do Maestro Joel Magalhães, os corais Corales, da Alese, e Advocanto, do CAASE (Caixa de Assistência dos Advogados de Sergipe), acompanharão clássicos da música junto com a OJS e fecham a noite com a participação no espetáculo “Auto de Natal Sergipano”.

O ponto alto da noite é a peça teatral da Cia de Arte Alese, em cartaz pelo terceiro ano seguido, escrito pelo dramaturgo Euler Lopes e direção de Dennys Leão. A releitura do Natal é uma livre adaptação e declamada em cordel sobre o nascimento de Jesus Cristo. “O Auto de Natal Sergipano não é um espetáculo religioso, ele fala sobre amor, sobre família, sobre respeito e companheirismo, e é sempre muito esperado, não só pra quem faz, mas também pelo público”, comenta Lopes.

Encenado por atores da Cia e convidados, a coordenadora da companhia de teatro, Mônica Moreira, destaca que o espetáculo também tem a função de valorizar artistas da terra. “Nós queremos prestigiar atores sergipanos, convidando um por ano para compor a peça. Nesta temporada temos a satisfação de receber o ator Amadeu Neto no elenco”, diz ela.

O roteiro da peça conta ainda com a participação especial do cantor Neu Fontes, responsável pelas canções que fazem parte da encenação, o sanfoneiro Lucas Campelo e o percussionista Ton Toy.

Para fechar a noite, a Filarmônica Nossa Senhora da Conceição de Itabaiana se apresenta sob a regência do Maestro Valtenio Alves. O grupo musical sacro-religioso é o mais antigo do Brasil, criado no ano de 1745, foi declarada como Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado de Sergipe.

Foto: César Oliveira

Por Fernanda Queiroz

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Escola de Artes Valdice Teles abre inscrições para 685 vagas em diversos cursos
Defesa Civil segue monitorando municípios sergipanos margeados pelo Rio São Francisco
Provas do Enem 2022 serão aplicadas no mês de novembro; confira todo cronograma
Prefeitura abre novo edital para eleição do Conselho da Previdência