Aracaju, 29 de janeiro de 2022

CBM/SE e Secretaria de Estado da Saúde firmam parceria para atendimento à população

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE), coronel Alexandre José, e a secretária de Estado da Saúde, Mércia Feitoza, assinaram na manhã desta quarta-feira (15), um termo de cooperação que visa operacionalizar o atendimento aos pacientes vítimas de trauma e emergência psiquiátrica, por meio de equipes formadas por profissionais do CBMSE e Samu. A reunião que oficializou a parceria ocorreu no quartel central dos bombeiros, em Aracaju, e contou com a presença de integrantes do estado-maior da corporação e representantes do Samu Sergipe.

“Consideramos que é um momento histórico tanto para a Secretaria de Saúde como para o Corpo de Bombeiros. É uma parceria nova que já vem sendo elaborada há algum tempo e que hoje se materializa com esse modelo de equipe formada por bombeiros militares juntamente com integrantes do Samu, o que deve favorecer a troca de conhecimentos e a redução do tempo resposta no atendimento às ocorrências”, ressaltou o comandante-geral.

O coronel Alexandre destacou ainda que, a primeira equipe começa atuar já nesta quinta-feira (16), e que esse modelo de serviço deverá ser ampliado, futuramente, para outros municípios sergipanos.

A secretária de Estado da Saúde, Mércia Feitoza, ressaltou a importância da atuação conjunta entre as duas instituições. “A grande proposta desse termo de cooperação é melhorar o tempo resposta do atendimento de urgência e emergência. A parceria se inicia pela sapital e iremos avançando para as unidades do interior, tendo em vista que o Corpo de Bombeiros já possui uma estrutura nos municípios sede e esse trabalho conjunto facilitará o atendimento à população”, explicou a secretária.

O superintendente do Samu Sergipe, Dênisson Pereira, se mostrou otimista com a implementação desse novo modelo de atendimento. “Nós vamos oferecer um atendimento mais rápido e especializado para a sociedade, principalmente nos incidentes traumáticos. Teremos agora uma equipe atuando em conjunto, quando antes seriam necessárias uma equipe dos bombeiros e outra do Samu, e esperarmos o tempo resposta de cada uma dessas equipes. Então essa parceria, além de fortalecer as instituições, vai qualificar ainda mais o atendimento pré-hospitalar nas urgências e emergências clínicas e traumáticas”, destacou o superintendente do Samu, que também é primeiro-sargento do Corpo de Bombeiros.

Ainda segundo Dênisson, nesse novo modelo, o acionamento da equipe poderá ser feito de forma coordenada, tanto pela central de regulação (CRU) quanto pelos bombeiros que atuam no Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp). “O acionamento sendo pelo Samu ou Ciosp, as duas instituições têm de estar cientes sobre o atendimento que está acontecendo naquele momento. E todo atendimento será reportado à CRU, onde os médicos reguladores serão atualizados sobre o quadro clínico do paciente e vão orientar sobre qual unidade de saúde ele deverá ser conduzido”, concluiu Dênisson Pereira.

Fonte e foto: Ascom CBMSE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Lula recebe Rogério e diz que terá apenas um palanque em Sergipe e esse palanque será do PT
Estância: reforma do estádio Francão está sem previsão para começar
TJSE restringe atividades presenciais com rodízio de 50% dos servidores até 06 de março
Dia da Visibilidade Trans marca ações da mandata de Linda Brasil