Aracaju, 27 de janeiro de 2022

A direita não se une em Sergipe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Por Adiberto de Souza *

A direita deve montar mais de um palanque em Sergipe na disputa eleitoral de 2022. As desavenças ocorridas na campanha passada entre os direitistas, impede que eles se unam em torno de uma única candidatura majoritária. As feridas ainda estão bem abertas. Como imaginar, por exemplo, o deputado estadual Rodrigo Valadares (PTB) no mesmo palanque da delegada Danielle Garcia (Pode), que em 2020 perguntou quem era o petebista “na fila do pão”, além de chama-lo de moleque? E o Movimento Direita Sergipana, alinhado agora com Valadares, apoiaria Valmir de Francisquinho (PL) para o governo estadual? O futuro partido União Brasil está mais para apoiar a chapa indicada pelo governador Belivaldo Chagas (PSD) do que se juntar às demais legendas de direita, que devem ir às ruas contra os governistas sergipanos. Portanto, mesmo sabendo que divididos ficarão ainda mais fracos eleitoralmente, é provável que os direitistas lancem mais de uma candidatura ao governo, tal qual ocorreu na disputa pela Prefeitura de Aracaju. Marminino!

Atolado na rabeira

A pré-candidatura do senador Alessandro Vieira (Cidadania) permanece estagnada na rabeira de todas as pesquisas de opinião pública. Na última consulta feita pelo Ipec (antigo Ibope), o fidalgo aparece com zero por cento de preferência, enquanto o ex-presidente Lula da Silva (PT) lidera com 49% das intenções de voto. A esperança de Alessandro é conquistar ao menos um pontinho nas pesquisas seguintes. Caso isso ocorra, ele terá tido um crescimento de 100%. Aff Maria!

Segue no páreo

Não procede a informação de que o deputado federal Valdevan Noventa (PL) desistiu de disputar uma cadeira no Senado, em 2022. Em nota, a assessoria de imprensa do dito cujo revelou que a pré-candidatura dele “é sólida, principalmente, pelo destaque do seu mandato e da sua atuação política”. Vixe! Os assessores de Noventa negam que a pré-candidatura de Valdevan teria sido abortada pela direção nacional do PL: “O Partido Liberal jamais emitiria uma opinião sobre um parlamentar, sem antes consultá-lo”. Então, tá!

Contra o bang-bang

E o senador Rogério Carvalho (PT) festejou a suspensão da votação na Comissão de Constituição e Justiça do projeto flexibilizando o comércio de armas de fogo. O relator da matéria, senador Marcos do Val (Pode), defende liberar o porte do trabuco para caçadores, atiradores e colecionadores. Segundo Rogério, a sociedade é contra a mudança da lógica estabelecida a partir do Estatuto do Desarmamento. Pesquisa mostra que 72% dos brasileiros são contra mudar as regras com relação a posse e ao porte de armas de fogo. Certíssimo!

Gratuidade custeada

O presidente da Frente Nacional de Prefeitos, Edvaldo Nogueira (PDT), deu com os costados, ontem, no gabinete do senador Nelsinho Trad (PSD). Foi discutir sobre o Projeto de Lei apresentado pelo parlamentar, propondo que o governo federal custei a gratuidade dos idosos no sistema de transporte público urbano. Segundo Edvaldo, o projeto, se aprovado, garantirá assistência financeira às empresas e reduz o impacto nas tarifas pagas pelos demais usuários desse serviço público. Ah, bom!

Come e dorme

Deve ser duro para o servidor estadual, sem reajuste há anos, saber que políticos sem mandatos recebem mais de R$ 10 mil como comissionados do estado. Para estes “comer e dorme”, o melhor é que não precisam aparecer no “trabalho”, mas apenas pedir ao povo pra votar nos padrinhos políticos deles. Êita Brasilzão sem jeito!

Mortes suspeitas

Dia sim outro também, suspeitos de praticarem crimes em Sergipe são mortos pela Polícia. A explicação para os óbitos é que os acusados reagiram à voz de prisão, atirando primeiro contra os agentes da lei. Não se defende que os policiais enfrentem criminosos frios e sanguinários com balas de hortelã, mas alguém precisa investigar melhor estes anunciados enfrentamentos, até para colocar um fim nas suspeitas de que há execuções. Refém da criminalidade, a sociedade exige uma resposta dura da Polícia contra a violência, porém não pode concordar com o olho por olho, dente por dente da lei de Talião. Cruz, credo!

Baculejo condenado

Presidente do PDT em Sergipe, o deputado federal Fábio Henrique se solidarizou com os pedetistas Ciro e Cid Gomes, que foram “visitados” pela Polícia Federal. Pré-candidato a Presidência da República, Ciro acusou o presidente Jair Bolsonaro (PL) pelo que chamou de armação política chancelada pela PF. O baculejo nos apartamentos das duas lideranças do PDT visou encontrar provas sobre uma denúncia feita contra eles há mais de 10 anos. Credo! Segundo Fábio Henrique, “o Brasil conhece a seriedade e a postura ética dos amigos Cid e Ciro Gomes”. Crendeuspai!

Inimigos da cultura

Instaladas em 2018, no centro de Aracaju, as esculturas folclóricas continuam sendo criticadas por adversários do governo ou por pessoas ignorantes. Esta é uma reação tola. Não há como negar que a nossa cultura foi projetada pelas enormes esculturas de Lambe Sujo e Caboclinhos, Chegança, Cacumbi, Taieira, Bacamarteiro, Reisado, São Gonçalo e Parafuso. Elas oferecem a oportunidade para se discutir a origem e a raiz popular sergipana. O resto é pura birra. Arre égua!

Ingratidão tira a feição

Nenhum deputado federal com base política na região Centro-Sul de Sergipe colocou qualquer emenda no Orçamento da União para o município de Poço Verde. Queixoso com o esquecimento, o prefeito Iggor Oliveira (PSD) lamentou que os deputados só lembram de Poço Verde para pedir votos. Entrevistado por uma emissora da região, o gestor sugeriu à população para eleger em 2022 um deputado federal que defenda em Brasília o Vale do Rio Real e as pequenas cidades da região. Home vôte!

Recorte de jornal

 

 

 

 

 

 

Publicado no jornal estanciano A Razão, em 2 de junho de 1907.

É editor do Portal Destaquenotícias

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Sisters conversam sobre romances no BBB 22, e Natália dispara: ‘Povo meio ruim de jogo!’
Murilo Huff abriu mão da tutela de bens do filho com Marília Mendonça
Polícia do Rio já chegou a suposto autor de ameaças racistas contra Douglas Silva
Flash político: Belivaldo confirma conversa com Lula, mas não falou sobre eleições em Sergipe