Aracaju, 21 de janeiro de 2022

Aracaju lança painel com indicadores epidemiológicos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Prefeitura de Aracaju, por intermédio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), passa a disponibilizar à população o painel de monitoramento das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. A nova ferramenta apresenta dados e gráficos dos casos notificados e confirmados de dengue, zika e chikungunya na capital sergipana.

O painel de monitoramento, disponível no link www.aracaju.se.gov.br/saude/indicadores_epidemiologicos, será atualizado semanalmente e apresenta um histórico dos mapeamentos realizados em anos anteriores a fim de traçar um comparativo e, com isso, identificar ciclos de reprodução do mosquito em Aracaju. Com essa análise prévia, será possível atuar de forma antecipada, a fim de evitar uma epidemia de doenças transmitidas pelo Aedes.

Para manter o controle e evitar a proliferação do mosquito, a Prefeitura executa, durante todo o ano, um conjunto de ações a partir do Programa Municipal de Combate ao Aedes aegypti, que já realizou, em 2021, 700.574 visitas domiciliares, com cerca de 550 mil imóveis trabalhados pelos agentes de endemias, os quais promovem a eliminação de focos do mosquito e orientam a população sobre como evitar a propagação desse vetor.

Por conta da determinação do Tribunal de Justiça do Estado de limitar as visitas domiciliares pelos Agentes de Combate às Endemias (ACE) e Agentes Comunitários de Saúde (ACS), a Prefeitura de Aracaju está impedida de atuar dentro nos estabelecimentos e residências, o que inviabiliza ações essenciais no combate ao mosquito, como os mutirões e o Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa). A decisão, de abril deste ano, é resultado de uma Ação Civil Pública movida pelo sindicato da categoria, o Sacema.

“Mesmo com essa determinação, a Secretaria segue atuando no trabalho educativo, orientando os moradores sobre como identificar focos do mosquito e os cuidados necessários para evitar a proliferação. Nesses meses com acesso limitado, reforçamos a necessidade de colaboração da população nos cuidados dentro de casa e seguimos promovendo as ações de prevenção e combate nos espaços externos, como praças e terrenos”, ressalta o coordenador do Programa Municipal de Combate ao Aedes, Jeferson Santana.

Demais ações

Entre janeiro e agosto desse ano, foram realizados na capital 24 mutirões de combate ao Aedes, em parceria com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e a Empresa de Serviços Urbanos (Emsurb). A elaboração do cronograma leva em consideração o índice de infestação nos bairros e o número de casos notificados das doenças provocadas pelo vetor.

Em outra frente de eliminação de possíveis criadouros do mosquito, a Prefeitura atua na coleta de pneus, trabalho que, este ano, já recolheu 46.994 pneus, entre janeiro e novembro. “Uma média de 4.200 pneus coletados por mês, trabalho que segue um fluxo com borracharias cadastradas, bem como através de denúncias de descarte incorreto”, explica Jeferson.

Para bloqueio de transmissão nas áreas com casos notificados são realizadas atividades de tratamento de quarteirões e residências com aplicação de UBV Costal (fumacê). De janeiro a novembro de 2021, 133 localidades da capital foram contempladas pela atividade, totalizando 1.994 quarteirões tratados, alcançando um total de 97.009 imóveis.

LIRAa

A cada dois meses, durante o ano, a Prefeitura também realiza a coleta de dados para o Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa), trabalho que tem como objetivo verificar o índice de infestação predial em Aracaju.

Com a interrupção do acesso às residências, em 2021, foram realizados quatro LIRAa: em janeiro (1,0), março (1,1), maio (1,3) e julho (1,6). Entre os dois últimos levantamento foi registrado um aumento de 23% no LIRAa. Na avaliação de casos de arboviroses em 2021, também foi observado um aumento progressivo a partir de abril.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Flash Político: Mitidieri disputa Governo e admite que perto da decisão haja inquietação
Confira programação e horário de testagem nas UBSs e bairros de Aracaju
E-commerce do Supertem se consolida como líder no mercado sergipano
Gestores sergipanos têm até 30 de janeiro para enviar informações ao TCE