Aracaju, 19 de janeiro de 2022

PEC 32 é retirada da pauta de votação da Câmara e só será discutida novamente em 2022

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A direita brasileira ávida por destruir o serviço público de vez não conseguiu a quantidade de votos necessária para aprovar Reforma Administrativa

Um enterro simbólico da PEC 32 (Proposta de Emenda Constitucional) marcou nesta quarta-feira, 15/12, mais uma vitória dos trabalhadores na longa batalha contra a Reforma Administrativa que ameaça destruir o serviço público no Brasil.

Segundo informações da Frente Parlamentar Mista do Serviço Público, Bolsonaro, Guedes e Lira apenas conseguiram 229 votos favoráveis, faltando ainda mais 79 votos para aprovar a matéria no Plenário da Casa. Assim, após 14 semanas de vigília do movimento sindical e movimentos sociais na Câmara dos Deputados, a PEC 32 foi retirada da pauta de votação do Congresso Nacional e só voltará a ser discutida em 2022.

Roberto Silva, presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT Sergipe), acompanhou a manifestação em Brasília.

“Estamos aqui na Câmara dos Deputados, no ato de fechamento da luta contra a PEC 32. Quero parabenizar todos os militantes de Sergipe que fizeram pressão em Brasília e fizeram pressão em Sergipe, nos aeroportos, em todos os espaços onde os deputados estiveram. Este ato simboliza que esta PEC que destrói o serviço público não será votada neste ano. Portanto estamos de parabéns, todos aqueles que acreditam que vale a pena lutar! Vamos à luta e 2022 nos espera”, destacou Roberto Silva.

Lideranças sindicais destacaram que não é momento de baixar a guarda, mas de comemorar a vitória e se fortalecer para a próxima etapa de luta contra a Reforma Administrativa e em defesa do serviço público, prevista para o ano de 2022.

Foto assessoria

Por: Iracema Corso

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Universidade Federal vai exigir comprovante de vacinação para comunidade acadêmica
Prefeito de Salgado lamenta fechamento de fábrica e garante lutar por mais empregos
E-mail com alerta sobre pesquisa de intenção de voto para 2022 é falso, diz MPF/SE
Sesc monta central de Relacionamento na CDL de Itabaiana