Aracaju, 28 de janeiro de 2022

PM realiza Curso de Capacitação para Atendimento à Mulher Vítima de Violência Doméstica

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Durante os dias 13, 14, 15 e 16 de dezembro, a Polícia Militar realiza o Curso de Capacitação para Atendimento à Mulher Vítima de Violência Doméstica no Centro de Formação e Ensino (CEI), em Aracaju, para policiais do 9º Batalhão da Polícia Militar (9º BPM).

O curso tem como objetivo oferecer atualização de conceitos e aquisição de novos conhecimentos na área de Segurança Pública para o atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar. Durante o curso, os militares terão aulas práticas de técnica policial, imobilizações e defesa pessoal que são importantes nos atendimentos de ocorrências dessa natureza, para que o militar resguarde também a sua integridade física.

A capitã Fabíola, coordenadora do projeto Ronda Maria da Penha, destacou a relevância da instrução para a corporação: “O curso serve para sensibilizar os nossos policiais militares e fazê-los acreditar que esse é um crime que merece toda a atenção. Não é fácil conversar com a vítima que sofre violência doméstica, pois ela pode ter passado por uma violência psicológica, por ameaças. É necessário ouvi-la e afastá-la do agressor, entender os medos que a mulher está sofrendo para que ela possa confiar e acreditar no nosso trabalho”, ressaltou a oficial.

Um dos instrutores, o sargento Élvio, ressaltou que o curso corrobora o posicionamento dos militares frente às ocorrências relacionadas à violência doméstica. “O curso oferecerá aos militares mais segurança para atuar frente à sociedade, especialmente às mulheres que são vítimas de tantos crimes domésticos”.

O capitão Ferreira, preceptor de técnica policial, falou sobre a importância do conhecimento para atendimento das ocorrências: “O curso é uma ótima iniciativa da Polícia Militar, pois esclarece como deve ser feita a abordagem inicial. A necessidade de conhecer o histórico da vítima é imprescindível para conduzir a ocorrência, e durante a tomada de decisões, utilizar o melhor instrumento para finalizar o procedimento de forma segura”, finalizou o instrutor.

Fonte: Ascom PM/SE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Comitê volta a se reunir segunda-feira e adotará medidas rígidas para evitar aumento da Covid
Katarina pode ser a surpresa da eleição disputando uma vaga para Federal
Famílias da zona rural recebem subsídio pra comprar imóveis, Em Sergipe, foram 8 contratos que somaram R$ 627 mil
Secretaria de Estado da Saúde recebe 48.550 doses de vacinas contra a Covid-19 nesta quinta