Aracaju, 21 de janeiro de 2022

Requerimentos ao Seguro-Desemprego em Sergipe aumentaram no mês de Novembro

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Análise realizada pelo Núcleo de Informações Econômicas da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES), com base nos dados da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, revelou que, na segunda quinzena de novembro deste ano, 1.828 trabalhadores solicitaram o seguro-desemprego em Sergipe. Com os valores da primeira quinzena, o mês de novembro totalizou 3.200 requerimentos.

Em termos relativos, houve crescimento de 29,6% no quantitativo de requerentes em relação a novembro do ano passado, quando foram registradas 2.470 solicitações. Já na comparação com outubro de 2021, observou-se acréscimo de 2,2%.

A análise dos dados revelou ainda que os pedidos se concentraram principalmente no setor de serviços (1.327 requerentes ou 41,5% do total), seguido do Comércio, com 27,6% (884 requerentes), da Construção, com 14,9% (478 requerentes), da Indústria, com 12,6% (404 requerentes), e da Agropecuária, com 3,3% (107 requerentes) do total de solicitações.

Solicitações pela internet e presencial em novembro/2021

No período analisado, 65,4% do total de solicitações foi realizado via Portal de Serviços do Governo Federal ou via aplicativo da Carteira de Trabalho Digital, o que corresponde a 2.092 solicitações, sendo o restante presencialmente nos postos de atendimento.

Parcelas emitidas e pagas em novembro/2021

Em novembro, foram pagas 4.999 parcelas emitidas em Sergipe, que somaram aproximadamente R$ 6,4 milhões em benefícios do Seguro-Desemprego. Essas parcelas referem-se aos pedidos solicitados após o sétimo dia da data de demissão do trabalhador até 120 dias.

NIE/FIES

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Flash Político: Mitidieri disputa Governo e admite que perto da decisão haja inquietação
Confira programação e horário de testagem nas UBSs e bairros de Aracaju
E-commerce do Supertem se consolida como líder no mercado sergipano
Gestores sergipanos têm até 30 de janeiro para enviar informações ao TCE