Aracaju, 27 de janeiro de 2022

Direita se organiza em Sergipe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Diógenes Brayner[email protected]

A oposição que se classifica “Direita” em Sergipe, ainda não tem um nome definido e não tem certeza que lançará candidatura a governador. Deve acontecer, mas ainda não está em discussão, embora o nome do ex-prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho, seja citado como a melhor opção. O problema maior, pelo menos para esse momento, é que o chamado bloco da direita em Sergipe ainda espera definições de Brasília, através do presidente Bolsonaro, que se filiou ao Partido Liberal e traçara as diretrizes para a organização de todo o bloco que está ao seu lado nos 27 Estados.

Tudo vai acontece no próximo ano. Entretanto, já em janeiro, haverá a formação de uma estrutura partidária nacional, para orientar toda à direita radical no País iniciando com o PTB, PP, PL e Republicanos. O objetivo é unificar todos os setores que defendem a reeleição de Bolsonaro, quando também serão decidida as posições desses partidos em cada Estado, em relação ao lançamento de chapas majoritárias e proporcionais para a Câmara e as Assembleias Legislativas. Esse grupo de trabalho composto pelos partidos já escolhidos e acima citados será responsável por aliar o nome do presidente em todo o Brasil, assim como de fortalecer chapas majoritárias.

A conversa entre membros da direita em Sergipe é que o melhor nome para disputar o Governo seria realmente o de Valmir de Francisquinho (PL), mas ele tem evitado qualquer conversa mais profunda sobre isso, além de passar a impressão de que ainda pensa em uma aliança com o Partido dos Trabalhadores, o que não será permitido pelo grupo de trabalho, seguindo orientação do presidente Bolsonaro, embora filiados ao PL em Sergipe acreditem que o objetivo do partido é eleger um maior número de parlamentares, liberando o processo majoritário. Isso não será permitido e quem pensar assim devem começar a procurar outra legenda.

A única coisa que integrantes da direita radical têm certeza absoluta é que a pré-campanha será organizada, ideológica e com determinação total para derrubar todos que se mostrem adversários, principalmente a esquerda e o centro-esquerda, mas com chance de conquistar o pessoal que se mantem no centro-direita, porque admitem que podem convencê-los a ficar ardorosamente com Bolsonaro. Todo esse movimento está em pleno funcionamento em Sergipe, buscando fortalecimento na Capital e Interior, na certeza de que, se não radicalizar dentro de um conceito de conquistar, terá bem maior dificuldade de levar adiante uma campanha com chances reais de vitória.

Sabe fazer política

O governador Belivaldo Chagas disse ontem, durante apresentação das principais ações e investimentos realizados pelo Governo, que “sei fazer política e se não soubesse certamente não estaria aqui”.

*** Lembrou que “muitos não acreditavam nisso”.

*** A declaração de Belivaldo foi feita durante almoço promovido pela Associação Sergipana dos Empresários de Obras Públicas e Privadas (Aseopp).

Uma tragédia!

Belivaldo também lembrou que foi secretário da Educação e quando assumiu encontrou “impressoras quebradas, computadores da época do rococó, tudo quebrado”.

*** – Uma tragédia! Como diria Zé Valadares lá em Simão Dias.

*** O governador também falou que ao assumir o Governo, em 2019, teve que pagar R$ 510 milhões deixados por Governos anteriores.

Observação feita

Aconteceu ontem reunião almoço da Aseopp, com a presença de empresários, engenheiros e políticos. Belivaldo Chagas fez uma explanação do seu Governo, desde que assumiu em 2019.

*** Um dos comentários foi a ausência do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), em razão da reunião da base aliada para indicar o sucessor.

*** Não pode ter sido por isso, porque lá não havia um único pré-candidato à sucessão estadual de 2022.

Eliane e a base aliada

Nas conversas de bastidores nos corredores da Alese, a informação que circula é a possibilidade da vice-governadora Eliane Aquino (PT) permanecer na base aliada e ter uma vaga na chapa majoritária.

*** O comentário é que disputaria o Senado Federal…

*** O deputado estadual Chiquinho Gualberto (que conhece bem o PT) diz que não há essa condição do PT abrir e de Rogério Carvalho desistir da candidatura.

No PT está tudo bem

Dentro do PT a conversa realmente é outra. Não houve ainda um entendimento com Eliane Aquino e nem com Márcio Macedo.

*** Há um mal estar com Márcio, mas hoje deve acontecer uma reunião com ele, para definir sua candidatura proporcional. Márcio está ouvindo o seu grupo.

*** No caso de Eliane, ela própria confidenciou que pretendia disputar o Senado.

Conversa com Fábio

Uma outra notícia circulou nos bastidores: o conselheiro Ulices Andrade tivera um jantar com Fábio Mitidieri e haviam fechado um entendimento, embora não haja qualquer definição.

*** O jantar teria acontecido antes da reunião da base aliada…

*** Durante a reunião, segundo a informação, Ulices Andrade teria dito que não será candidato, agora se houver necessidade de conciliação ele põe o nome à disposição.

Presença na base

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) disse ontem que o seu trabalho nas bases sempre foi e será de muita presença, independente de qualquer coisa.

*** – Minha agenda é sempre movimentada, disse acrescentando que a reunião do bloco foi muito importante para unir o grupo cada vez mais.

*** Segundo Mitidieri, “temos excelentes nomes com características diferentes e não tem nenhuma mudança de quadro até o momento”.

Alessandro desmente

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) desmentiu ontem a notícia do ‘Metrópoles’, de que havia desistido da terceira via e que estava conversando com Sérgio Moro.

*** Disse que quarta-feira recebeu em seu gabinete o governador de São Paulo, João Doria, e que conversa constantemente com a senadora Simone Tebet (MDB), todos pré-candidatos a presidente da República

Sobre disputa em Sergipe

Alessandro disse ainda que “o certo é que teremos candidatura do Cidadania em Sergipe e isso foi reforçado em reunião que tive em Brasília, com o presidente do Cidadania no Estado, Georgeo Passos, e com o presidente nacional Roberto Freire”.

*** Perguntado se seria ele o candidato a governador, Alessandro respondeu que é muito cedo para definir. Acrescentou que o grupo está tranquilo no Estado e consciente do trabalho.

*** Conclui insistindo que o Cidadania “é o único grupo de oposição e que isso será mantido”.

Pau nos colunistas

O médico Antônio Samarone acusa que os colunistas em Sergipe tratam a sucessão estadual como um conchavo entre os políticos.

*** – Ser bom gestor, ter projetos, conduta ilibada, experiência pesam pouco, diz.

*** E mais: “Trata-se de escolher quem ‘cisca para fora’, quem dividirá as sinecuras. O povo depois será informado em quem votar”.

Sobre aumento

Danielle Garcia (Podemos) diz que mesmo com todos os índices apontando para uma situação de crise econômica, a Prefeitura de Aracaju resolveu elevar o IPTU em 10,05%.

*** – Será mesmo que o executivo municipal está atento à realidade da população?

Um giros pelas redes

Lucy Lu – No dia que eu for apertar o 13, ano que vem, vai ser com tanta força que terei orgasmos múltiplos não vejo à hora é muito tesão.

Ivete Castilho – Quando o Lula foi preso deve ter sido muito difícil para Bolsonaro segurar a língua e sufocar o grito Lula livre.

Metrópoles – André Mendonça faz juramento, assina o termo de posse e torna-se o novo ministro do STF.

Metrópoles – Pesquisa foi realizada entre os dias 13 e 16 de dezembro em todo o Brasil e mostra que, se eleição fosse hoje, petista venceria no 1º turno.

Chico Graziano – Redes européias de supermercados começam a restringir venda de carne bovina brasileira, como retaliação ao desmatamento da Amazônia.

Rennato – Você ainda tem algum tipo de admiração por Regina Duarte, ou a cancelou definitivamente dos seus rolês?

O Antagonista – O presidente da Câmara Federal, Arthur Lira admite não haver “vontade” para votar PEC da Prisão em 2ª Instância.

Fórum – Denúncias sobre ação de alguns estabelecimentos de saúde exigem consentimento do marido para mulheres casadas façam, por exemplo, inserção de DIU.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Famílias da zona rural recebem subsídio pra comprar imóveis, Em Sergipe, foram 8 contratos que somaram R$ 627 mil
Secretaria de Estado da Saúde recebe 48.550 doses de vacinas contra a Covid-19 nesta quinta
Aracaju recebe 21 mil testes rápidos enviados pelo Ministério da Saúde a pedido da FNP
Campanha de combate à Hanseníase oferece exames à população no Hospital Universitário