Aracaju, 21 de janeiro de 2022

Home care tem se tornado essencial nos cuidados à idosos e bebês

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A assistência Home Care está se tornando cada vez mais comum na vida das pessoas. É um tipo de atendimento que se estende, em muitos casos, à continuidade nos cuidados como em um hospital, para pacientes que precisam de uma atenção maior ao retornar para casa. Somado à isso, ter um cuidador em casa significa tranquilidade, tanto para o paciente quanto para os familiares.

Um dos grandes motivos para que essa assistência tenha se tornado tão essencial, foi o aumento da expectativa de vida dos brasileiros, em 2020 o número de idosos aumentou para 29,9 milhões. “Atualmente toda família tem um idoso que precisa de um cuidado maior. Com a pandemia percebemos o aumento da procura por cuidadores de idosos, sendo assim, as pessoas ficaram mais alerta sobre a importância de ter um cuidador capacitado para prestar um bom atendimento ao idoso”, disse a enfermeira Tássia Fanni, CEO da Soft Care, empresa que oferece serviços de cuidadores no estado.

Contratar um profissional que atua nesse segmento também tem sido vantagem em relação aos cuidados com os bebês e as crianças. As cuidadoras que atuam nessa área, popularmente conhecidas como babás, devem está capacitada a trabalhar em diferentes situações. Tássia Fanni explica que essa profissional precisa ser inteirada sobre alimentação e saúde da criança. “Nós vemos muitos casos de cuidadoras infantis que não se envolvem com a criança da maneira como tem que ser. É de extrema importância que os pais tenham como prioridade contratar uma babá capacitada. Na SoftCare, nós oferecemos curso completo de cuidadores infantis, a exemplo de conhecimentos nutricionais e alimentação, primeiros socorros, brincadeiras e musicalização”.

“Ter um cuidador para idoso ou para criança em casa significa apoio”, destacou Tássia. A enfermeira responsável pela Soft Care , explicou ainda que nos últimos anos essa procura tem aumentado significativamente, e se tornado essencial. “Sabendo dessa necessidade, a Soft abre vagas para cursos de cuidadores de idoso e cuidadores infantis. Temos mais de 400 pessoas formadas e capacitadas. Diante disso, encaminhamos os  profissionais que se destacaram no curso para o mercado de trabalho e percebemos o quanto é importante ter um cuidador na família”, explicou Tassia Fanni.

Fonte e foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Flash Político: Mitidieri disputa Governo e admite que perto da decisão haja inquietação
Confira programação e horário de testagem nas UBSs e bairros de Aracaju
E-commerce do Supertem se consolida como líder no mercado sergipano
Gestores sergipanos têm até 30 de janeiro para enviar informações ao TCE