Aracaju, 16 de janeiro de 2022

Edvaldo entrega reforma da ala covid do Hospital Nestor Piva

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O prefeito Edvaldo Nogueira entregou, nesta terça-feira, 21, a reforma da ala covid do Hospital Municipal Nestor Piva, zona Norte da capital. Fruto de um investimento superior a R$ 2,9 milhões, com recursos próprios da gestão municipal, o local foi completamente revitalizado, após ter sido afetado por um incêndio, em maio deste ano. Além da restauração, a ala foi totalmente modernizada para garantir uma assistência ainda mais qualificada à população.

“A entrega de hoje tem grande significado. O dia que vivemos aqui no Nestor Piva foi um dos mais difíceis da minha trajetória na gestão pública. Foi um momento dramático, uma fatalidade, e que me entristeceu muito. Mas nossas equipes mostraram competência, determinação, mostraram cuidado e, rapidamente, debelaram o fogo e transferiram os pacientes. Logo após, iniciamos o processo de completa recuperação da ala, com recursos da Prefeitura e, hoje, entregamos novamente à população, completamente remodelada, sendo mais um instrumento de garantia do atendimento de urgência e emergência em Aracaju”, destacou Edvaldo.

Ao entregar o espaço, o prefeito também ressaltou o empenho dos profissionais que atuaram no dia do incêndio “para salvar, proteger e acolher vidas”. “Naquele momento tão difícil, todos os trabalhadores deram a maior demonstração de humanidade, companheirismo e de iniciativa que já pude presenciar. Agiram não somente com celeridade, mas com muita competência. Então, à vocês, minhas palavras são de agradecimento. Quero agradecer a todos que atuaram naquele dia, os profissionais da saúde, acima de tudo, mas também os trabalhadores da SMTT, Guarda Municipal, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e todos os demais”, frisou.

Edvaldo agradeceu, ainda, a Energisa pela doação dos equipamentos hospitalares e de escritório. “Ninguém mais se lembrava do Nestor Piva, mas os gestores da Energisa não só lembraram como nos ajudaram com a doação de R$ 150 mil. Eu sempre digo que, sozinho, ninguém faz nada. É através de parcerias, da somação de esforços, que os gestores públicos conseguem fazer mais e melhor pela população. E o gesto da Energisa, que tem sido uma grande parceira da Prefeitura, em diversas ações, expressou bem isso”, reforçou.

Atendimento

O Hospital Nestor Piva dispõe, atualmente, de 12 leitos  de internamento e 14 para observação. Com a conclusão da obra, por não se tratar de mais de uma unidade de referência para o atendimento de pacientes com covid-19, os leitos serão redimensionados, de acordo com a secretária municipal da Saúde, Waneska Barboza.

“É um novo espaço que será colocado à disposição da comunidade.  Neste primeiro momento o hospital vai conseguir fazer uma adequação melhor dos pacientes, podendo redimensionar toda a estrutura para atendimento da população e se houver alguma necessidade, caso tenha o risco de uma nova onda de covid ou até mesmo da Influenza, como temos visto em outros estados, temos um espaço que vai servir para compor a quantidade de leitos municipais para dar assistência digna, adequada à população”, detalhou Waneska.

Estrutura

As intervenções na ala do Hospital Nestor Piva incluíram a revisão e substituição necessárias de todas as instalações elétricas, de gases medicinais, de incêndio e hidrossanitárias, assim como de todas as esquadrias. A revitalização também incluiu a pintura do espaço e implantação de um novo sistema de climatização. Além disso, também houve a reorganização e modernização da ala, respeitando as normas técnicas vigentes – RDC 50/2002 e acessibilidade.

“Foi uma fatalidade o que aconteceu, mas fizemos um trabalho de recuperação de toda a área que foi afetada pelo incêndio e aproveitamos para modernizar várias partes, como a de oxigênio, cilindros e a parte de proteção de incêndio. Então, não foi só uma reforma, mas uma modernização para que o local pudesse voltar a oferecer atendimento de qualidade à população”, afirmou o presidente da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), Sérgio Ferrari.

Para substituir os equipamentos que foram danificados no incêndio, a Prefeitura recebeu uma doação da Energisa em Sergipe. Entre os materiais doados estão:  ventilador pulmonar; aparelho de ECG portátil; negatoscopio; válvulas de registro reguladora de oxigênio; válvulas de registro reguladora de ar comprimido; fluxômetros; e tomadas duplas com válvula de impacto para oxigênio. A doação também incluiu equipamentos de escritório, como desktops com teclado e mouse, impressoras, aparelhos de ar condicionado split, armários vitrine com duas portas, mesa de cabeceira, estantes de aço, cadeiras, mesa pvc, lixeiras em aço, luminárias e lâmpadas.

“Desde que aconteceu o incêndio, nos sensibilizamos e entramos em contato com a Prefeitura para ajudar, ainda mais pela sensibilidade do momento, uma vez que o lamentável incidente aconteceu na ala covid. Então, fizemos a doação de equipamentos hospitalares e também de escritório, além de ar condicionados para que o local pudesse se restabelecer o mais rápido possível, atendendo a população”, afirmou o presidente da Energisa em Sergipe, Roberto Carlos Currais.

Foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

FSF realiza testagem em clubes e seis atletas do Maruinense e cinco do Falcon testam positivo para Covid-19
Sergipe vence Falcon na abertura do Sergipão X1bet
Projeto da Elese estimula abertura de escolas do legislativo no interior
Covid-19: Brasil tem 22,9 milhões de casos e 620,9 mil mortes