Aracaju, 24 de janeiro de 2022

Governo do Estado entrega títulos de legitimação fundiária para cerca de 580 famílias sergipanas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado Luciano Bispo (MDB) acompanhou o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, na entrega do ‘Título de Legitimação Fundiária às famílias do Conjunto Senador José Eduardo Dutra’, localizado no bairro Porto D’antas, zona Norte da capital. A ação beneficia mais de 2.320 pessoas, cerca de 580 famílias que vivem no local.

O presidente da Alese aplaudiu a iniciativa do Governo do Estado e destacou que a regularização fundiária traz segurança para população. “Quero parabenizar ao governador por estar dando um presente aos moradores do Eduardo Dutra. Quando a pessoa tem a documentação da sua própria casa, ela tem condições de fazer um financiamento e de gerar negócios”, revela Luciano Bispo, salientando ainda que a legitimação devolve o sentimento de paz e de tranquilidade às famílias.

De acordo com o governador de Sergipe, as casas do Conjunto Eduardo Dutra foram entregues no ano de 2016 e agora, em 2020, está sendo realizada a entrega dos títulos, através da modalidade Regularização de Interesse Social (Reurbs). Um investimento de cerca de R$ 34,6 milhões. “Com os  benefícios da Regularização Fundiária os moradores passam a ter a garantia da segurança jurídica do imóvel”, afirmou  Belivaldo Chagas.

O governador também explicou as matrículas foram desmembradas individualmente no cartório, e estão sendo entregues aos beneficiários titulares do Programa Pró-Moradia, através do Título de Legitimação Fundiária. As residências trouxeram à população que vivia em condições precárias e insalubres, mais qualidade de vida, além de valorizar o entorno da região.

O deputado estadual Luciano Pimentel (sem partido) parabenizou a ação do governo e disse que a regularização permite não só a  formalização  das residências, mas dos imóveis comerciais também. Um fator importante, pois possibilita que o comerciante tenha acesso ao crédito facilitado.

Histórico

Anteriormente conhecida como ‘Ocupação da Avenida Euclides Figueiredo’, o local possui infraestrutura de terraplenagem, drenagem pluvial, rede de distribuição de água, esgotamento sanitário, pavimentação, urbanização e execução de Rede de Iluminação Pública e implantação de acessibilidade com pavimentação em piso tátil e rampas para deficiente.

O Conjunto Residencial é formado por 551 unidades padrão, compostas por sala, dois quartos, cozinha, varanda, circulação e WC, perfazendo uma área útil de 36,80m² e área total construída de 42,45 m². Além de 29 unidades adaptadas para pessoas com deficiência, compostas de sala, dois quartos, cozinha, varanda, circulação, WC e rampa de acesso, perfazendo uma área útil de 39,54m² e área útil de 52,25 m². Na época, o investimento total foi de R$ 34.615.218,10 no residencial.

Todas as famílias, entre os anos de 2013 e 2016, foram acompanhadas por uma equipe multidisciplinar composta por assistentes sociais, psicólogas e pedagogas, através do Projeto de Trabalho Social (PTS), o que colaborou muito para o reassentamento das famílias para as novas casas, inclusive com a manutenção da relação de vizinhança já existente, preservando assim os laços familiares ou de amizades.

Outras ações

Recentemente, no mês de novembro, o Governo do Estado entregou o título de Regularização Fundiária também para cerca de 600 famílias do Conjunto Neuzice Barreto, em Nossa Senhora do Socorro.

Esta ação também fez parte do Programa Pró-Moradia e promoveu moradia digna à cerca de 2.400 pessoas que viviam na antiga ocupação do Rio do Sal. A todo, foram 600 casas construídas, sendo 570 no modelo padrão e 30 adaptadas para portadores de necessidades especiais.

Foto: Jadilson Simões

Por Stephanie Macêdo

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Zezinho Sobral debate ações para avançar empreendedorismo
Cursos oferecidos são de diversas áreas do conhecimento 
Covid-19 deixa o Sergipe sem time para jogar na quarta-feira após registrar 16 casos  no elenco
Senar Sergipe abre inscrições para cursos profissionalizantes