Aracaju, 16 de janeiro de 2022

Diretora de Políticas Sociais da CUT na Conferência Nacional de Assistência Social

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

por: Fetam

A diretora de Políticas Sociais da Central Única dos Trabalhadores em Sergipe (CUT/SE), Itanamara Guedes, que também é presidenta da Federação dos Servidores Municipais (Fetam), participou da mesa de abertura da 12ª Conferência Nacional de Assistência Social, que ocorreu na quarta-feira (15), em Brasília. A conferência teve como tema “Assistência Social: Direito do povo e dever do Estado, com financiamento público, para enfrentar as desigualdades e garantir proteção social”.

Durante o evento, Itanamara destacou que as conferências são espaços democráticos para ouvir o povo. “A política de Assistência Social não condiz com o projeto autoritário, conservador e ultraliberal que se instaurou no país, em 2016, com o golpe que destituiu a ex-presidente Dilma, e colocou o Estado a serviço dos interesses do mercado financeiro e das elites brasileiras em detrimento da vida do povo, promovendo desfinanciamento das políticas sociais e contrarreformas da previdência e trabalhista que aprofundaram as desigualdades sociais,” avaliou a dirigente cutista.

Compõem a Frente Nacional do SUAS os usuários, trabalhadores, gestores, entidades e movimentos sociais. “Esse coletivo reafirma o seu compromisso com a agenda de luta deliberada na Conferência Nacional Democrática, que defende o SUAS público, universal, com financiamento e participação popular e exige a revogação imediata da EC 95; a recomposição do orçamento e aprovação da PEC 383; a defesa de melhores condições de trabalho e salário dos trabalhadores; o posicionamento contrário à reforma administrativa; o respeito ao pacto federativo e às instâncias de controle social”, destacou Itanamara.

“Esta conferência é um ato de resistência em defesa do SUAS, da democracia e dos direitos. A consolidação e avanço do SUAS só será possível se conseguirmos mudar o rumo da política do país. Tenho certeza que o Brasil voltará a ser feliz de novo”, afirmou Itanamara.

A 12° Conferência Nacional de Assistência é promovida pelo Conselho Nacional da Assistência Social (CNAS), em parceria com o Ministério da Cidadania, por meio da Secretaria Nacional de Assistência Social (SNAS), e aconteceu de 15 a 18 de dezembro, em formato híbrido, visando avaliar e deliberar sobre a política de Assistência Social no Brasil.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

FSF realiza testagem em clubes e seis atletas do Maruinense e cinco do Falcon testam positivo para Covid-19
Sergipe vence Falcon na abertura do Sergipão X1bet
Projeto da Elese estimula abertura de escolas do legislativo no interior
Covid-19: Brasil tem 22,9 milhões de casos e 620,9 mil mortes