Aracaju, 21 de janeiro de 2022

Prefeitura realiza blitz de educação patrimonial no bairro 17 de Março

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Para além da construção, a conservação do patrimônio público é fundamental para que os cidadãos possam usufruir dos espaços urbanos de maneira contínua. Para sensibilizar os moradores acerca desse cuidado, a equipe do Projeto de Trabalho Social (PTS) desenvolvido pela Prefeitura de Aracaju, acompanhado e monitorado pela Coordenação da Área Social (UCP), da Secretaria Municipal da Assistência Social, realizou uma blitz socioeducativa em duas novas praças do bairro 17 de Março, entregues à comunidade na semana passada.

A ação integra o “Programa de Requalificação Urbana – Construindo para o Futuro”, um pacote de investimentos em infraestrutura realizado pela Prefeitura com recursos do financiamento de mais de R$400 milhões conquista junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Dentre as obras, estão um Centro de Referência da Assistência Social (Cras), um Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas), uma Casa Lar, 11 praças, sendo nove no 17 de Março e duas no Santa Maria, uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e uma Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef).

Durante a ação, foram distribuídos panfletos socioeducativos que mostram como a comunidade pode fazer o uso correto dos equipamentos dispostos nas praças, e apresentada uma proposta para criação de uma comissão de moradores para auxiliar a administração municipal a minimizar possíveis danos causados nos espaços.

De acordo com a coordenadora do PTS, Renata Góis, a ação é uma atividade extra que corresponde ao eixo de preservação e conservação do patrimônio público. O objetivo é fomentar a conservação patrimonial dos equipamentos socioassistenciais que serão construídos e revitalizados nos bairros contemplados com o Programa.

“Voltamos em uma semana para reforçar esse zelo que eles precisam obter. A intenção é mobilizar os moradores do bairro, do entorno da praça, para que comecem a ter o cuidado com o patrimônio que estão recebendo, mostrando como podem usufruir do espaço, aproveitar a praça, sozinhos ou em família. Fizemos uma reunião produtiva com a Comissão de Acompanhamento de Obras, a CAO, na qual pensamos em diversas estratégias para sensibilizar a comunidade acerca do seu comportamento diante das depredações”, explicou Renata.

Há três meses, o comerciante Rodrigo Ramos inaugurou uma lanchonete em frente à nova praça e presencia cenas de uso incorreto dos equipamentos.

“Como estou em frente à praça, oriento muitas crianças que não estão acompanhadas dos pais a não bagunçarem, não danificarem os aparelhos porque o espaço é uma recreação para todos nós. Com esse panfleto será mais fácil para os pais conscientizarem seus filhos. É uma ação necessária”, observou.

Moradora do bairro 17 de Março, a agente de combate a endemias Andeli Iris Neves reside ao lado da praça e se sente incomodada em ver o espaço público sendo danificado em poucos dias.

“Estou desde o início aqui no bairro e não esperávamos tanto progresso. A entrega da praça foi um marco para nós. Tenho um neto de dois anos que todos os dias me chama para brincar na área. Infelizmente, em uma semana que foi entregue já está danificada, é um absurdo. O que eu puder fazer para ajudar, vou fazer. Sou totalmente contra essa depredação porque também me prejudica”,diz.

Denúncia

Danificar ou destruir o patrimônio público é crime e a população pode colaborar para evitar essa prática encaminhando denúncia ao Sistema de Reclamações e Queixas (SRQ) do PTS, por meio dos telefones 0800 591 7214 (ligação gratuita) ou (79) 99931-9191 (ligação e WhatsApp), por e-mail, no [email protected], ou pelo site no www.equipamentossociais.com.br.

As reclamações também podem ser enviadas à Ouvidoria Geral do Município, discando 1622, ou à Guarda Municipal de Aracaju, pelos números 153 ou 98166-7790 (ligação e WhatsApp).

Foto assessoria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Flash Político: Mitidieri disputa Governo e admite que perto da decisão haja inquietação
Confira programação e horário de testagem nas UBSs e bairros de Aracaju
E-commerce do Supertem se consolida como líder no mercado sergipano
Gestores sergipanos têm até 30 de janeiro para enviar informações ao TCE