Aracaju, 19 de janeiro de 2022

Polícia Rodoviária aplica mais de 15 mil testes do bafômetro no Natal

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Operação visa inibir infrações de trânsito

da Agência Brasil

Em apenas dois dias, policiais rodoviários federais realizaram, em todo o país, mais de 15 mil testes de bafômetro para inibir e identificar motoristas que tenham consumido bebidas alcoólicas antes de dirigir.

A aplicação dos chamados testes de etilômetro faz parte da Operação Natal, deflagrada para inibir infrações de trânsito e garantir a fluidez e a segurança viária durante o feriado. Segundo o órgão, mais de quatro mil agentes foram mobilizados para reforçar o policiamento rodoviário ostensivo.

Maior incidência

O reforço da fiscalização está concentrado principalmente próximo aos pontos das rodovias federais com maior incidência de acidentes graves de trânsito e ocorrências criminosas. Além dos agentes de prontidão nas rodovias, o fluxo de veículos também é monitorado, em tempo real, por meio de câmeras, pelas Centrais de Comando e Controle.

A ação busca desencorajar ultrapassagens indevidas, embriaguez ao volante, não utilização do cinto de segurança, falta de uso do capacete, excesso de velocidade, utilização do telefone celular ao volante e outras infrações que potencializam os riscos de acidente em um período do ano em que aumenta o número de veículos nas estradas do país.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) orienta quem vai pegar a estrada a estar atento às boas condutas, como revisar o veículo, com especial atenção para o funcionamento dos equipamentos obrigatórios. E, em caso de acidentes ou incidentes, ligar para o telefone de emergência 191.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Universidade Federal vai exigir comprovante de vacinação para comunidade acadêmica
Prefeito de Salgado lamenta fechamento de fábrica e garante lutar por mais empregos
E-mail com alerta sobre pesquisa de intenção de voto para 2022 é falso, diz MPF/SE
Sesc monta central de Relacionamento na CDL de Itabaiana