Aracaju, 28 de janeiro de 2022

Alese declara ‘Casa Santa Dulce dos Pobres’ como Utilidade Pública

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Por fruto de Lei Estadual de nº 8.917/2021, o município de Itabaiana passa a ser a ‘Capital do Primeiro Milagre de Santa Dulce dos Pobres”. O título foi conferido pela Lei sancionada recentemente pelo Governo do Estado, a partir do Projeto de Lei Ordinária (PL 262/2021), de autoria da deputada estadual Maria Mendonça (PSDB).

A parlamentar manifestou a sua alegria em ver o projeto ser transformado em Lei. “É uma alegria vermos essa nossa propositura ser transformada em lei, considerando a importância da Santa Dulce, não só para Itabaiana, mas para Sergipe e para todo o Brasil”, disse.

Utilidade Pública

No último dia 21 deste mês os parlamentares da Casa Legislativa de Sergipe aprovaram outro Projeto de Lei da deputada Maria Mendonça, o de nº 326/2021, que declara a associação ‘Unidos por uma Itabaiana Solidária’, conhecida como ‘Casa Santa Dulce dos Pobres’, como de Utilidade Pública. A associação ajuda aos menos favorecidos.

Histórico da Santa

Com dois milagres reconhecidos pelo Vaticano, sendo o primeiro ocorrido na cidade de Itabaiana, Sergipe, a freira baiana Irmã Dulce (1914-1992) foi canonizada no dia 13 de outubro de 2019 pelo papa Francisco, tornando-se a primeira santa nascida no Brasil. A irmã passou a ser chamada ‘Santa Dulce dos Pobres’.

Foto: Joel Luiz

Por Stephanie Macêdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Comitê volta a se reunir segunda-feira e adotará medidas rígidas para evitar aumento da Covid
Katarina pode ser a surpresa da eleição disputando uma vaga para Federal
Famílias da zona rural recebem subsídio pra comprar imóveis, Em Sergipe, foram 8 contratos que somaram R$ 627 mil
Secretaria de Estado da Saúde recebe 48.550 doses de vacinas contra a Covid-19 nesta quinta