Aracaju, 24 de janeiro de 2022

Sindicatos municipais cobram inclusão dos servidores de apoio no Rateio do FUNDEB

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Por: Fetam

Os Sindicatos dos Servidores Municipais, através da Federação dos Servidores Públicos Municipais do Estado de Sergipe (FETAM/SE), e da Central Única dos Trabalhadores (CUT/SE), realizaram uma ação para protocolar ofícios nas prefeituras, com objetivo de solicitar a inclusão dos servidores de apoio da educação no rateio das sobras dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) de 2021.

As entidades sindicais reivindicam que os cálculos do rateio das sobras do FUNDEB devam levar em consideração o que dizem os termos dos art. 25 e 26 da Lei nº 14.113/2020. De acordo com a legislação, os recursos recebidos pelo FUNDEB em 2021, após a liquidação das despesas do exercício do ano vigente, não poderão ser utilizados para antecipação de pagamento de despesas com pessoal do exercício de 2022. E a utilização da sobra para exercício de 2022 é apenas de 10%, observadas as diretrizes da Lei.

Existindo sobras dos recursos do FUNDEB, de acordo com o que preconiza a lei, devem ser repartidas com os profissionais e trabalhadores da educação, ou seja, os trabalhadores de apoio que possuem formação em nível técnico e nível superior em pedagogia e as áreas afins da educação, que estão relacionados a receita dos 70%; ou os trabalhadores de apoio que estão subvinculados a receita dos 30%, já que a sobra se refere ao montante total do recurso.

“A Fetam defende que a educação é uma política realizada por todos os trabalhadores, portanto, é legal e justo a inclusão dos servidores/trabalhadores de apoio no rateio da sobra dos recursos do FUNDEB”, disse Itanamara Guedes Presidenta da FETAM.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Secretaria de Saúde Aracaju se prepara para vacinar crianças de 6 anos ou mais com CoronaVac
Zezinho Sobral debate ações para avançar empreendedorismo
Cursos oferecidos são de diversas áreas do conhecimento 
Covid-19 deixa o Sergipe sem time para jogar na quarta-feira após registrar 16 casos  no elenco