Aracaju, 24 de janeiro de 2022

Diesel fecha ano 46,1% mais caro se comparado a 2020, aponta levantamento da Ticket Log

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Durante o Natal, os postos brasileiros comercializaram o diesel pelo valor médio de R$ 5, 566, alta de 45,03% se comparado ao mesmo feriado do ano passado

O ano termina com o preço médio do diesel em estabilidade nos postos brasileiros (R$ 5,612), baixa de 0,08% em relação a novembro. Porém, considerando o valor cobrado em dezembro do ano passado, em que a média chegava a R$ 3,841, houve um acréscimo de 46,1% no preço, é o que aponta o último levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL). O diesel S-10 também fechou com o valor estável, a R$ 5,676, baixa de 0,08% em relação a novembro, 46,6% mais caro se comparado a dezembro do ano passado.

Todas as Regiões brasileiras registraram alguma queda ou estabilidade no valor do diesel comum ou do S-10, com exceção do Norte do País, que apresentou a maior média para o diesel comum (R$ 5,836) e para o diesel S-10 (R$ 5,892), com acréscimos de 0,03% e de 0,05% respectivamente. O Sul do país teve resultado inverso, sendo a Região com a menor média no valor do diesel comum (R$ 5,197) e do diesel S-10 (R$ 5,247) e declínios de 0,29% e 0,23% nos valores, respectivamente.

Na análise por Estado, o Acre comercializou o diesel comum pela maior média nacional, a R$ 6,337, e para o diesel S-10 (R$ 6,279). Já as menores médias foram encontradas no Paraná: R$ 5,108 para o diesel comum e R$ 5,162 para o S-10.

O diesel comum que registrou o maior aumento (2,04%) foi o de Roraima, passando de R$5,945 para R$6,066, enquanto o de maior redução no valor comercializado foi o do Amapá, que passou de R$5,856 para R$5,730, queda de 2,15%. O diesel S10 com maior aumento no preço médio (0,99%) foi o de Roraima, que passou de R$5,964 para R$6,023. Já o S-10 com a redução mais expressiva, de 1,44%, foi encontrado em Goiás, e o valor que antes era R$5,692 passou para R$5,610.

“Apesar do indicativo de estabilidade no preço do diesel, de acordo com o levantamento da Ticket Log, e respiro em relação às altas consecutivas que vimos nos últimos meses, as médias de valor do combustível estão altas e o brasileiro ainda sente no bolso, principalmente se comparado aos valores de um ano atrás”, destaca Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

Diesel mais caro neste Natal

Nos dias 24, 25 e 26 de dezembro deste ano, feriado de Natal, o Índice de Preços Ticket Log (IPTL) também apontou que os postos de combustíveis comercializaram o diesel comum 45,3% mais caro se comparado ao mesmo período do ano passado, enquanto o diesel S-10 apresentou alta de 44,36%. No Natal de 2020, esses combustíveis custavam em média R$ 3,838 e R$ 3,917 e no feriado deste ano subiu para R$ 5,566 e R$ 5,654, respectivamente.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Ticket Log, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo. A Ticket Log, marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil, conta com mais de 30 anos de experiência e se adapta às necessidades dos clientes, oferecendo soluções modernas e inovadoras, a fim de simplificar os processos diários.

RPMA Comunicação

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Secretaria de Saúde Aracaju se prepara para vacinar crianças de 6 anos ou mais com CoronaVac
Zezinho Sobral debate ações para avançar empreendedorismo
Cursos oferecidos são de diversas áreas do conhecimento 
Covid-19 deixa o Sergipe sem time para jogar na quarta-feira após registrar 16 casos  no elenco