Aracaju, 25 de janeiro de 2022

Governo de Sergipe amplia oferta do ensino em tempo integral para turmas do 9º ano do Fundamental

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), ampliará a oferta do ensino em tempo integral para turmas do 9º ano Fundamental. Ao todo, quatro escolas-piloto que já ofertam o ensino médio em tempo integral passarão, a partir deste ano, a contar com a modalidade de ensino no Fundamental. São elas os centros de excelência Professora Maria Ivanda (Aracaju), Leandro Maciel (Aracaju), Nelson Rezende de Albuquerque (Gararu) e Marechal Pereira Lobo (Neópolis).

O secretário de estado da Educação, do Esporte e da Cultura, professor Josué Modesto dos Passos Subrinho, afirma que a oferta desta modalidade está modificando, em escala significativa, a realidade do ensino público sergipano, resgatando o prestígio da escola pública como local para a construção de uma sociedade melhor e de realização de projetos de vida. “As condições de oferta desta modalidade têm o propósito explícito de compensar as maiores dificuldades dos estudantes egressos dos segmentos sociais mais prejudicados economicamente. A jornada escolar ampliada, a oferta de atividades esportivas e culturais, o incentivo ao protagonismo estudantil e a construção de projetos de vida podem permitir que muitos outros estudantes acessem, com qualidade e méritos, maiores níveis de escolarização”, afirmou.

De acordo com a coordenadora de infraestrutura do Núcleo Gestor de Educação em Tempo Integral (Ngeti), Mônica Rodrigues, a ampliação será feita gradualmente e de forma regressiva, ou seja, a partir de 2022 para as turmas do 9º ano; em 2023, para o 8º ano, e assim sucessivamente. Ela conta que essas quatro escolas-piloto foram selecionadas por já oferecerem a modalidade no ensino médio, atendendo assim a capital e o interior de Sergipe.

“Essa ampliação do Integral para as turmas de ensino fundamental será um marco para a educação sergipana. Percebemos que ter o aluno integralmente na escola só melhora a vida dele e da sua família. A gente espera que as turmas tenham o mesmo sucesso que temos visto no ensino médio integral”, disse. Ela explicou ainda que os alunos do Fundamental que passarão a estudar no ensino em tempo integral terão as mesmas disciplinas eletivas ofertadas pelo ensino médio integral, como Projeto de Vida, Estudo Orientado e Protagonismo Juvenil.

A diretora do Centro de Excelência Professora Maria Ivanda, Adriana Hora, destacou que a gestão sempre acolheu o ensino fundamental tendo em vista que é a porta para o ensino médio. “A comunidade vem clamando pelo ensino integral, pois seus filhos já estudam na escola e têm êxito com essa modalidade de ensino. Para nós foi muito importante essa conquista, para termos uma escola única, com concordância em projetos e nas atividades. Temos certeza que será um sucesso”, disse Adriana, explicando ainda que os alunos do Fundamental já ficavam na escola, durante algumas tardes, para conhecer as eletivas do ensino médio e se engajar no protagonismo juvenil.

Já Carla Surama, diretora do Centro de Excelência Leandro Maciel, falou que a comunidade escolar está muito feliz com a expansão do ensino integral, agora ofertando para o 9º ano do ensino fundamental. “Isso é muito importante, pois vem agregar ainda mais as metodologias inovadoras que o programa trás e, com isso, os estudantes já vão experimentando todas essas experiências, como a inserção do laboratório de aprendizagens, que já vai incutindo no estudante o pensamento científico. Tudo isso vem melhorar ainda mais os indicadores da escola”, declarou.

Mãe de uma aluna e representante dos pais no Conselho Escolar do Centro de Excelência Professora Maria Ivanda, a pedagoga Vera Lúcia Gomes Ribeiro também comemora a ampliação. “A oferta do ensino integral a partir do ensino fundamental é uma forma eficiente de desenvolver os alunos, não se limitando apenas às matrizes curriculares. Essa oferta possibilita o aprendizado global, tanto físico, quanto cultural e socioemocional”, afirmou.

Assessoria de Comunicação da SEDUC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Rodrigo aconselha: ‘Você tem que dosar o que você fala’. Brother conversa com Natália
Bárbara, Brunna Gonçalves, Laís e Rodrigo especulam sobre Jogo da Discórdia
Douglas Silva convida Luciano, Naiara Azevedo e Natália para o Cinema do Líder
Homem suspeito de vazar vídeo íntimo de Natália, do BBB22, nega crime