Aracaju, 29 de janeiro de 2022

Governo e Fapitec apoiam inovação e tecnologia via programa Tecnova II em 2021

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Projetos contratados via edital em 2021 apresentam propostas e soluções para demandas cotidianas através da tecnologia
O fomento a projetos voltados à inovação e à tecnologia como soluções para demandas sociais é um dos valores apoiados pelo Governo de Sergipe. O Programa de Apoio à Inovação em Empresas Brasileiras (Tecnova II) é prova disso, sendo um importante aliado no suporte a empreendedores sergipanos ao longo de 2021. O programa é conduzido pela Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec/SE), concedendo cerca de R$ 2 milhões em incentivos às propostas contempladas.

Lançado no segundo semestre de 2020, o edital teve em 2021 seu momento de contratação dos projetos selecionados. O objetivo principal do edital é promover um significativo aumento das atividades de inovação e o incremento da competitividade das empresas e da economia do país, a partir do desenvolvimento de bens, serviços e processos inovadores.

“Iniciamos o pagamento da primeira parcela pouco depois da divulgação dos aprovados, para que as empresas começassem a desenvolver seus trabalhos dentro do cronograma. Sem dúvidas, o Tecnova II é um edital que tem contribuído consideravelmente com o empreendedorismo e a inovação em Sergipe”, afirma o diretor-presidente da Fapitec, Ronaldo Guimarães.

Apresentando melhorias em diferentes áreas, os projetos aprovados no edital Tecnova II partem do desejo de melhorar o cotidiano. Exemplo é o projeto Ciclope, focado na mobilidade urbana e na segurança pública. Por meio de um aplicativo, o projeto analisa imagens de trânsito com base em Inteligência Artificial. Além de auxiliar na identificação da placa, a plataforma informa se ela é clonada ou não.

Com abordagem similar, o DocHealth faz uso de tecnologia em inteligência artificial para simplificar o armazenamento de exames já realizados, centralizando-os e permitindo ao usuário pesquisar, visualizar, tratar e compartilhar tais documentos. Além disso, a ferramenta emite alertas sobre a necessidade de repetição ou de realização de exames, de acordo com fatores como idade, sexo, etnia, grupos de risco e data do último exame realizado.

Facilidade

Também focado no desenvolvimento de um aplicativo, o projeto conduzido pela Paim Almeida Advogados Associados visa integrar clientes e advogados por meio de uma plataforma que auxilie na gestão e monitoramento de logística de atos jurídicos com base em geolocalização. Interligando interessados aos executores dos serviços jurídicos, a iniciativa tem o intuito de otimizar, potencializar e qualificar o processo de subcontratação de advogados. A ideia é que os usuários contratem os serviços da empresa, que faz a distribuição para o advogado local mais adequado.

Mais um projeto voltado a facilitar a vida de clientes e empresas, o Visu oferece soluções para gestão de espaços de beleza e estética em todo o território brasileiro. O projeto tem como foco processar pagamentos e resolver problemas bancários para profissionais de beleza, além de se tornar uma aplicação SaaS (Software as a Service), que é aquela comercializada de maneira autônoma na internet.

Já o IoT Arduino Projects é um aplicativo multilíngue que visa auxiliar no desenvolvimento de projetos de automação industrial e/ou residencial. A ideia inclui a utilização de placas de Arduino, que oferece ferramentas adaptáveis e de baixo custo para a criação de projetos interativos.

Social

O foco social também está no horizonte dos projetos do edital Tecnova II. A capacitação de crianças e adolescentes, por exemplo, está entre os objetivos do projeto InoVector3D. A plataforma pretende facilitar o uso de tecnologia 3D de impressão em escolas, no processo de ensino, assim como na gestão de laboratórios.

SOS Maria da Penha é mais um projeto com foco social, propondo suporte no atendimento a vítimas de agressões físicas. Por meio de um botão de pânico em um aplicativo, o SOS Maria da Penha propõe encurtar o tempo de atendimento à vítima acionando uma central de forma direta e silenciosa. O aplicativo fornece informações sobre vítima, possível agressor e localização para que uma viatura possa ser deslocada.

Programa Tecnova II

O programa busca apoiar, por meio da concessão de recursos de subvenção econômica, o desenvolvimento de produtos e/ou processos inovadores novos ou significativamente aprimorados de empresas brasileiras para o desenvolvimento dos setores econômicos considerados estratégicos nas políticas públicas federais e aderentes à política pública de inovação do estado.

O objetivo principal é promover um significativo aumento das atividades de inovação. Desta forma, o edital visa apoiar projetos que envolvam significativo risco tecnológico associado a oportunidades de mercado.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Lula recebe Rogério e diz que terá apenas um palanque em Sergipe e esse palanque será do PT
Estância: reforma do estádio Francão está sem previsão para começar
TJSE restringe atividades presenciais com rodízio de 50% dos servidores até 06 de março
Dia da Visibilidade Trans marca ações da mandata de Linda Brasil