Aracaju, 25 de janeiro de 2022

Greves vão pipocar agora em 2022

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Por Adiberto de Souza *

Os baixos salários e o ano eleitoral devem estimular os servidores estaduais a cruzarem os braços no decorrer deste 2022. Talvez prevendo isso, o governador Belivaldo Chagas (PSD) já advertiu que respeita todo movimento paredista, porém não aceitará que as reivindicações do funcionalismo sejam usadas politicamente por pretensos candidatos. O recado foi dirigido ao Movimento Polícia Unida, que ameaça paralisar a segurança pública se o governo insistir em negar ao braço armado do estado o adicional de periculosidade. Aproveitando esse “climão”, os peritos do Detran estão cobrando o reajuste dos honorários e ameaçam entrar em greve se não forem atendidos. Pelo visto, a Procuradoria Geral do Estado vai ter muito trabalho para barrar na Justiça as paralisações no serviço público. O governo tentará evitar esse efeito dominó, alegando falta de recursos e o risco de extrapolar o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal. Certamente, não convencerá os servidores, tratados a pão e água ao longo dos anos. Home vôte!

Fora da pesquisa

A primeira pesquisa política realizada este ano deixou de fora o presidenciável Alessandro Vieira (Cidadania). A consulta exibe até os pré-candidatos com zero por cento (Rodrigo Pacheco do PSD e Felipe D’Ávila do Novo), mas o senador Vieira não aparece. Por que será? O levantamento foi feito pela Quaest Consultoria e Pesquisa, entre 6 e 9 últimos e ouviu duas mil pessoas, tendo sido registrada no TSE com o número: BR-00075/2022. A margem de erro é de 2 pontos percentuais e o nível de confiança é de 95%. Ah, bom!

Maconha contra covid

A maconha pode impedir a contaminação pela covid-19. Pelo menos é o que revelam pesquisadores da famosa Universidade Estadual de Oregon, nos Estados Unidos. Os doutores juram ter encontrado um par de ácidos canabinóides capaz de se ligar à proteína spike e impedir que o SARS-CoV-2 infecte células humanas. Segundo os cientistas, a vantagem desse “remédio” é que ele apresenta pouco risco aos usuários. Mas atenção, malucos, não é por isso que vocês vão sair por aí dando tapa na macaca a três por dois. Crendeuspai!

Esconda as panelas

Quanto tempo faz que um político telefonou para você ou parou o carrão com ar refrigerado para cumprimentá-lo? Não lembra? Avexe-se não! Quando as eleições deste ano estiverem mais próximas, o seu celular vai ficar congestionado de tantas ligações amigáveis. Não fique surpreso se, ao chegar em casa, encontrar um sorridente engravatado lhe aguardando para pedir ou comprar o seu precioso voto. Tome cuidado com as panelas, pois essa gente costuma filar uma boia para parecer muito familiar. Arre égua!

Vozes da seca

“Seu doutô os nordestino têm muita gratidão/Pelo auxílio dos sulista nessa seca do sertão/ Mas doutô uma esmola a um homem qui é são/ Ou lhe mata de vergonha ou vicia o cidadão/”. Composta em 1953 por Luiz Gonzaga e Zé Dantas, a música ‘Vozes da seca’ permanece atualíssima. Ó Céus, que miséria!

DEM no governo

Bastou a senadora Maria do Carmo Alves (DEM) visitar o governador Belivaldo Chagas (PSD) para as línguas ferinas saírem por aí anunciando a formação de um chapão político para enfrentar o pré-candidato ao governo Rogério Carvalho (PT). Na verdade, a demista esteve em Palácio para apoiar as reivindicações dos produtores de gado, insatisfeitos com o baixo preço do leite. O apoio do DEM ao candidato governista é coisa já sacramentada. Ele foi definido quando ex-deputado André Moura (PSC), manda chuva em Sergipe do futuro partido União Brasil, deixou a oposição para apoiar a gestão de Belivaldo. Misericórdia!

Direita, volver!

O deputado estadual Rodrigo Valadares (PTB) informou ao presidente Jair Bolsonaro (PL) que se encarregará da montagem do palanque direitistas em Sergipe. Para alegria do capitão de pijama, o petebista prometeu reunir a turma da direita em torno da campanha de reeleição do presidente. Deputado de 1º mandato, Rodrigo deu com os burros n’água em 2020, ao tentar se eleger prefeito de Aracaju. Resta saber se, subindo no palanque montado pelo parlamentar do PTB, Bolsonaro escapa do naufrágio nas urnas. Marminino!

Cochilar é bom

Cochilar depois do almoço estimula a aprendizagem, segundo indica um novo estudo sobre o sono. De acordo com o trabalho, uma hora de cochilo durante o dia é capaz de restaurar e até mesmo de ampliar os processos cognitivos. Por outro lado, quanto mais horas um indivíduo permanecer acordado, mais “preguiçoso” se torna o seu cérebro. Perder uma noite de sono derrubaria a capacidade de armazenar novas informações em cerca de 40%. Cruzes!

Folia proibida

Para tristeza de Arlequim, Pierrô e Colombina, Aracaju não terá Carnaval este ano. Após ouvir os profissionais de saúde sobre a pandemia da covid-19, o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) decidiu suspender qualquer evento público na capital durante o feriado de Momo. A decisão do pedetista deverá ser copiada pelo governo de Sergipe. Segundo o governador Belivaldo Chagas (PSD), a reunião do Comitê Científico, marcada para 27 próximo, será decisiva para que ele libere ou não as festas carnavalescas. Aguardemos, portanto!

Ônibus ruim e caro

Alegando defasagem na planilha de custo, as empresas de ônibus de Aracaju querem reajustar o preço da passagem. Considerando a péssima qualidade dos coletivos, a irregularidade dos horários e a superlotação, o aracajuano já paga muito caro para ser transportado em verdadeiras latas de sardinhas. E o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), que durante a campanha prometeu um transporte coletivo de 1º mundo, não deve, antes de cumprir a promessa, punir a população para atender as empresas. Manter congelado o preço da tarifa de ônibus é o mínimo que se espera do gestor pedetista. Danôsse!

De bajuladores a bajulados

O mundo dá voltas e a política muito mais. Em 2020, os candidatos às prefeituras e câmaras viviam mendigando aos deputados e senadores que aparecessem em seus palanques. Hoje, são estes últimos que estão bajulando os prefeitos e vereadores, interessados no apoio deles para suas candidaturas. Até as eleições de outubro vindouro, os gestores e parlamentares municipais serão tratados a pão de ló pelos pré-candidatos. Depois do pleito, o jogo vira e, novamente, os prefeitos e vereadores voltarão a bater nas portas de seus hoje bajuladores para lhes pedir apoio político. E assim caminha a humanidade!

Abra o olho

Ficar em casa ainda é a melhor maneira de prevenir a contaminação pelo coronavírus Ômicron e pela síndrome gripal. Então, se puder, fique em casa, mas caso precise sair, use máscara e evite aglomerações. Quem avisa, amigo é!

Recorte de jornal

 

 

 

 

 

Publicado no jornal aracajuano Diário da Manhã, em 27 de dezembro de 1918.

É editor do Portal Destaquenotícias

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Leia também

Rodrigo aconselha: ‘Você tem que dosar o que você fala’. Brother conversa com Natália
Bárbara, Brunna Gonçalves, Laís e Rodrigo especulam sobre Jogo da Discórdia
Douglas Silva convida Luciano, Naiara Azevedo e Natália para o Cinema do Líder
Homem suspeito de vazar vídeo íntimo de Natália, do BBB22, nega crime