Aracaju, 13 de abril de 2024

Capacitação de Agentes de Saúde e Endemias começa em Carmópolis

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
CAPACITAÇÃO CARMÓPOLIS

Os municípios de Maruim, Capela e General Maynard também são contemplados

Relações entre trabalho e saúde e trabalho e doença. Esse é o tema que norteia o início das atividades da capacitação contínua dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE) em Carmópolis. As atividades começaram nesta segunda-feira (01).

Os municípios de Maruim, Capela e General Maynard garantiram transporte para a participação dos seus agentes nas capacitações, que estão ocorrendo em Carmópolis. No total, 150 participantes estão inscritos entre os diferentes municípios e distribuídos em cinco turmas.

A capacitação é realizada através de cursos que relacionam saúde e trabalho e saúde e doença. Nesse contexto, os principais temas tratados são prevenção de doenças ocupacionais e acidentes de trabalho. O intuito é que os agentes adquiram instrução para cuidar melhor de si mesmos e da comunidade em que atuam. De acordo com o Procurador do Trabalho Adroaldo Bispo, a seleção dos municípios foi determinada pelo predomínio do cultivo da cana-de-açúcar na região. “Essa é uma atividade com alto índice de exploração. Inclusive, o considerável número de trabalhadores resgatados em condições análogas às de escravo na região também foi determinante para a escolha dos municípios que são o alvo da ação”, afirmou.

No ano passado, agentes dos municípios de Lagarto, Canindé de São Francisco e Poço Redondo também participaram da capacitação, que é resultado de acordo judicial entre o Ministério Público do Trabalho em Sergipe (MPT-SE) e a Fundação Estadual de Saúde (Funesa). O objetivo, nos próximos meses, é expandir a outras cidades sergipanas.

Foto cedidas pela Funesa

Por Lays Millena Rocha

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Leia também