Aracaju, 18 de julho de 2024
Search

Avaliação do eleitorado

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@gmail.com

O melhor candidato é aquele que o povo confia? Em todas as cidades. O que não se houve e nem se sente é esse sentimento no eleitorado e muito menos avaliação sincera. “Quem, de todos eles, o eleitor não tenha receio de entrega a ‘chave da cidade?” Isso é no Brasil, claro. Mas não dá para avaliar o eleitorado de todo o país, em apenas uma eleição em Sergipe, principalmente em Aracaju, onde o olhar não seja pela capacidade, atuação em outras entidades que não contassem com a força do dinheiro publico e um comportamento claro de que o objetivo final fosse a melhoria de toda a cidade e a felicidade do povo? Lógico que não se dá para ter exemplo do tipo de político que precisa gastar muito para montar um bloco coeso da maior parte do eleitor, que também dê o voto que não seja por interesse.

As pesquisas que avaliam o desejo do eleitor – com raríssimas exceções – favorecem a quem contrata o instituto, que trabalha e ganha para colocar seu cliente em uma boa posição. Isso tudo é muito triste, porque não se consegue enxergar exceções. Ontem mesmo o resultado de duas pesquisas foi divulgado por emissoras de rádio, com um resultado que leva a ver o quanto vale estar à frente. Foram citados dois nomes que iriam para o segundo turno. Os mesmos nomes! Só que no mesmo horário uma delas explodiu à frente, mas mesmo assim iriam para a final. Na outra emissora a mesma candidata também ganhava, mas quase em empate técnico com a concorrente. Qual a pesquisa que estaria certa? O eleitor não percebe a jogada, dá valor exatamente ao candidato que ele vota, independente da posição.

Percebe-se que na reforma política quem deve mudar é o eleitor, para eleger o que pareça melhor, e não aquele que, de alguma forma, o favoreça financeiramente e lhe tire o direito de reclamar do que não fora feito em benefício de cada um. De longe se percebe um eleitorado mais exigente, mas ainda precisa expor dignidade para colocar no mandato um cidadão responsável e honesto.

Igual ao pré-caju

O governador Fábio Mitidieri (PSD) disse ontem que “meu agrupamento é igual ao pré-caju: tem vários blocos. Bloco do Luiz, bloco da Yandra, bloco da Daniela, Bloco do Fabiano, bloco da Katarina… Rsrs.”

*** – Acredito muito que até às convenções a gente consiga afunilar isso. Temos dialogado ao máximo, disse.

Katarina na mesma Situação

Sobre a sua candidatura à Prefeitura de Aracaju, a deputada Katarina Feitoza (PSD) disse que está na mesma situação em que ela tem conversado.

*** Disse que não avançou “nada”, embora continue conversando e esteja no páreo.

Edvaldo alerta para retrocesso

O prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) acha que todas àquelas candidaturas que se colocam como oposição ao que tem sido feito em Aracaju representa o risco de retrocesso.

*** Em sua visão, candidatos que se opõem e criticam o trabalho feito pela Prefeitura, no que diz respeito à melhoria da infraestrutura da cidade, na Educação, Saúde apelam para o retrocesso.

Parte ao contra-ataque

De qualquer maneira, as entrevistas de agora serão de críticas diretas aos adversários, mesmo que não estejam no seu bloco, mais insistam em disputar o mandato.

*** Edvaldo também sente que os demais candidatos tentam desqualificar o seu, Luis Roberto, e dá sinais que parte para o contra-ataque.

Samuel assume federal

O ex-deputado federal, Capitão Samuel assume o mandato de deputado federal na próxima terça feira (18/06), no plenário da Câmara Federal, em Brasília

*** O deputado federal Thiago de Joaldo vai se ausentar por 4 meses .

Destaca ampliação da UFS

Focado na interiorização do desenvolvimento, o deputado Paulo Júnior (PV) destacou à ampliação da UFS com o novo campus em Estância.

*** Durante o pequeno expediente desta terça, dia 11, Paulo Júnior falou da importância de se levar ensino superior para todas as regiões do estado.

Sebrae Nacional

O Sebrae Nacional está levando prefeitos de todo o Brasil para concorrer ao Prêmio Sebrae Nacional de Prefeituras Empreendedoras.

*** Estão disputando 260 prefeitos de todo o Brasil e de Sergipe oito deles foram escolhidos: Itabaianinha, Moita Bonita, Indiaroba, Propriá, Boquim, Canindé, Muribeca e Campo do Brito.

Troca de candidatos

A semana começou movimentada na política em Riachão do Dantas. Circulou nos bastidores que a prefeita Simone Andrade estaria mudando o seu pré-candidato a prefeito.

*** A substituição ocorreria da seguinte forma: o vice-prefeito, Galego da Samba seria substituído pela sobrinha da prefeita, Jamilly Andrade, ex-secretária de Saúde do município.

*** A possível mudança se faria em virtude do crescimento político do pré-candidato a prefeito do União Brasil, Mário de Mi Fontes. As eleições municipais em Riachão do Dantas prometem ser uma das mais movimentadas na região Centro-sul do Estado.

Edvan sobre Emília

O presidente regional do PL, Edvan Amorim, disse que sua candidata Emília Corrêa, que disputa a Prefeitura, é para ganhar no primeiro turno.

*** Quanto ao vice-prefeito não será nem Ricardo Marques e nem Eduardo Amorim, mas só vamos cuidar disso em julho.

*** Edvan diz que nas pesquisas internas Emília já passou dos 50% dos votos válidos.

Yandra Otimista

Membros do União Brasil garantem, entretanto, que a deputada Yandra Moura estará no segundo turno, pelo movimento da campanha e também pelas pesquisas.

*** Todos eles acha que “do segundo turno ela não retorna, ganha as eleições”.

Movimento Pró Vida

O deputado federal Rodrigo Valadares fala sobre o movimento Pró Vida. Ele foi homenageado ontem na Câmara.

*** A solenidade marcou a luta pela vida e nosso enfrentamento contra os movimentos abortistas.

*** – Estamos na expectativa de votar a urgência do PL que equipara o aborto ao crime de homicídio após às 22 semanas, disse Rodrigo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leia também